SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue24TERRITORIAL PLANNING OF BRAZILIAN MUNICIPALITIES: MINAS GERAIS, 18-19 CENTURIES author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Almanack

On-line version ISSN 2236-4633

Abstract

REIS, Renato de Ulhoa Canto. OS “PRIVADOS DOS REIS” E AS “PESSOAS PARTICULARES”: OS CONCEITOS DE PRIVADO E PARTICULAR NO ANTIGO REGIME PORTUGUÊS (SÉCS. XVII-XVIII). Almanack [online]. 2020, n.24, ea04318.  Epub Apr 22, 2020. ISSN 2236-4633.  http://dx.doi.org/10.1590/2236-463324ea04318.

A historiografia que lida com a discussão sobre público/privado se acostumou a analisar o período pré-moderno a partir da lógica da ausência. Isso significa que se parte da suposta separação entre público e privado na modernidade para afirmar que no período anterior eles “não se separavam” ou “não se distinguiam”. O objetivo deste texto é analisar como eram usados os conceitos de privado e particular, a partir das teorias político-jurídico-teológicas do Antigo Regime português nos séculos XVII e XVIII, para propor uma alternativa interpretativa à visão dicotômica e antagônica de “público” e “privado”. Dessa forma, procura-se sugerir que os dois termos não eram entendidos como sinônimos e que cada um desempenhava uma função específica na linguagem política do período. Compreende-se aqui que “público” se articulava com o conceito de “particular”, e essa relação se assentava em uma ideia de integração, e não de oposição.

Keywords : Privado; particular; público; século XVII; Portugal.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )