SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue25THE CHINESE IN THE PARAÍBA COFFEE VALLEY: PROJECTS, PERSPECTIVES, TRANSITIONS AND FAILURES - 19th CENTURY author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Almanack

On-line version ISSN 2236-4633

Abstract

RE, Henrique Antonio. O TRABALHO ESCRAVO NAS COMPANHIAS INGLESAS DE MINERAÇÃO EM MINAS GERAIS: UMA SITUAÇÃO DESAFIADORA PARA O ANTIESCRAVISMO BRITÂNICO, 1840-1883. Almanack [online]. 2020, n.25, ea00119.  Epub July 24, 2020. ISSN 2236-4633.  https://doi.org/10.1590/2236-463325ea00119.

Por mais de quarenta anos a British and Foreign Anti-Slavery Society (BFASS) combateu a utilização de trabalho escravo pelas companhias britânicas de mineração que atuavam em Minas Gerais e se esforçou para criar mecanismos jurídicos na Grã-Bretanha para punir os infratores. Os resultados nem sempre foram promissores e essas companhias só deixaram efetivamente de utilizar o trabalho escravo quando a legislação brasileira as impediu. Todavia, o acompanhamento dos episódios mostra que o Estado britânico foi o principal responsável pelo insucesso dos abolicionistas e que, apesar dos fracassos dos abolicionistas britânicos, seus esforços ajudaram a difundir o sentimento antiescravista na sociedade brasileira.

Keywords : Escravidão; mineração; antiescravismo.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )