SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue26Potentados locais e seu braço armado: as vantagens e dificuldades advindas do armamento de escravos na conquista das MinasErotismo sob censura na imprensa brasileira (1985-1990) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Topoi (Rio de Janeiro)

On-line version ISSN 2237-101X

Abstract

GRIN, Monica  and  MAIO, Marcos Chor. O antirracismo da ordem no pensamento de Afonso Arinos de Melo Franco. Topoi (Rio J.) [online]. 2013, vol.14, n.26, pp.33-45. ISSN 2237-101X.  https://doi.org/10.1590/2237-101x014026003.

Este artigo tem por objetivo analisar o contexto de elaboração e promulgação da primeira lei contra a discriminação racial no Brasil, de autoria do deputado Afonso Arinos de Melo Franco, no início dos anos 1950. Trata-se de explorar as diferentes formas de recepção da lei; sua tramitação no Congresso; o debate racial em curso e, por fim, o sentido e justificação que Arinos confere à lei. Partimos da hipótese de que, ao transformar o preconceito racial em objeto de contravenção, sob penas da lei, Arinos procurou esvaziar politicamente a questão racial ao deslocá-la para o plano da moral. A luta contra o racismo, traduzida nos termos de um imperativo ético, inspirado na tradicional visão de um país racialmente harmônico, teria a função de evitar a crescente atmosfera de tensão racial, mais do que de reconhecer as demandas sociopolíticas do movimento negro.

Keywords : Lei Afonso Arinos; antirracismo; preconceito racial; movimento negro; Congresso Nacional; debate racial pós-Segunda Guerra Mundial..

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )