SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número4Adaptacao da Escala de Avaliacao das Barreiras ao Acesso ao Cuidado (BACE) para o contexto social e cultural brasileiroAvaliacao neuropsicologica antes e apos radioterapia em uma crianca com tumor intracraniano: relato de caso índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Trends in Psychiatry and Psychotherapy

versão impressa ISSN 2237-6089

Resumo

CAMARGO, Jessica et al. Versão brasileira da Structured Interview for Disorders of Extreme Stress - Revised (SIDES-R): processo de adaptação e validação. Trends Psychiatry Psychother. [online]. 2013, vol.35, n.4, pp.292-298. ISSN 2237-6089.  https://doi.org/10.1590/2237-6089-2013-0027.

INTRODUÇÃO:

O transtorno do estresse pós-traumático (posttraumatic stress disorder, PTSD) contempla o impacto de eventos traumáticos agudos, mas a literatura indica que o mesmo não se aplica a exposição crônica ao estresse. Nesse sentido, foi proposta a categoria transtornos de estresse extremo não especificados (disorders of extreme stress not otherwise specified, DESNOS). Com o objetivo de investigar e medir as alterações comportamentais e cognitivas relacionadas ao diagnóstico de DESNOS, foi desenvolvida a Structured Interview for Disorders of Extreme Stress - Revised (SIDES-R). Considerando a falta de instrumentos construídos para avaliar DESNOS, especialmente no Brasil, o objetivo deste estudo foi traduzir, adaptar e validar os conteúdos da SIDES-R para português brasileiro (SIDES-R-BR).

MÉTODO:

A entrevista original foi submetida a tradução, retrotradução, análise de equivalência semântica e correspondência conceitual por avaliadores leigos e especializados, respectivamente. Foi realizado teste de aceitabilidade e análise de validade interavaliadores.

RESULTADOS:

A entrevista passou por adaptações semânticas e estruturais considerando a cultura brasileira. A versão final, SIDES-R-BR, demonstrou um escore médio de compreensão de 4,98 em uma escala de avaliação verbal de 5 pontos, além de um coeficiente de kappa de 0,853.

CONCLUSÃO:

O SIDES-R-BR pode ser uma ferramenta útil na investigação de DESNOS e contribui com um input valioso para a pesquisa clínica no Brasil. A disponibilidade do instrumento permite testar sintomas com confiabilidade adequada, conforme verificado por meio do coeficiente de kappa e etapas de tradução.

Palavras-chave : Complex trauma; complex PTSD; psychological stress; early life stress; questionnaire; Trauma complexo; PTSD complexo; estresse psicológico; estresse no inicio da vida; questionário.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )