SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 número4Revisão sistemática sobre o uso e descrição de medidas para avaliar intervenções psicoterapêuticas com crianças e adolescentes no BrasilO exercício físico pode modular os níveis de cortisol em indivíduos com depressão? Uma revisão sistemática e metanálise índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Trends in Psychiatry and Psychotherapy

versão impressa ISSN 2237-6089versão On-line ISSN 2238-0019

Resumo

MACEDO, Tânia et al. A TCC possui efeitos duradouros no tratamento do TEPT após um ano de seguimento? Revisão sistemática de ensaios clínicos randomizados. Trends Psychiatry Psychother. [online]. 2018, vol.40, n.4, pp.352-359. ISSN 2238-0019.  http://dx.doi.org/10.1590/2237-6089-2017-0153.

Introdução:

Várias meta-análises anteriores documentaram a eficácia a curto prazo da terapia cognitivo-comportamental (TCC). No entanto, sua eficácia a longo prazo permanece desconhecida. O transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) é uma doença crônica grave, debilitante e incapacitante.

Objetivo:

Estimar a eficácia a longo prazo da TCC no tratamento do TEPT, avaliando a manutenção do efeito após um ano de seguimento.

Métodos:

Realizamos uma revisão sistemática através de pesquisas nas bases de dados eletrônicas ISI Web of Science, PubMed, PsycInfo e Pilots. Incluímos estudos randomizados nos quais a TCC foi comparada com um grupo controle (lista de espera ou tratamento usual) em adultos com TEPT que relataram pelo menos um ano de seguimento da TCC.

Resultados:

A pesquisa identificou 2.324 estudos e 8 foram selecionados. A TCC mostrou-se eficaz no tratamento do TEPT no período pós-tratamento. A melhora nos sintomas de TEPT foi estatisticamente significativa em relação ao grupo controle. A melhora observada no grupo de tratamento ou grupo único (formado por ambos os grupos de tratamento e controle, que foi submetido à intervenção após algumas semanas na lista de espera) foi mantida no seguimento.

Conclusão:

Devido à ausência de grupo controle no período de follow-up em 6 dos 8 estudos incluídos nesta revisão, ainda não há base metodológica adequada para afirmar que a TCC tem efeitos duradouros no tratamento do TEPT. Nosso estudo encontrou graves deficiências metodológicas e a necessidade de preencher essa lacuna na literatura através de estudos com delineamentos robustos e sofisticados.

Palavras-chave : Transtorno de estresse pós-traumático; terapia cognitivo-comportamental; seguimento; efeitos duradouros.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )