SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue4Electrical conductivity test in Piptadenia moniliformis Benth. seedsSeed germination of Brazilian guava (Psidium guineense Swartz.) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Journal of Seed Science

Print version ISSN 2317-1537On-line version ISSN 2317-1545

Abstract

COLOMBO, Ronan Carlos et al. Descrição biométrica de frutos e sementes, germinação e padrão de embebição de rosa do deserto [Adenium obesum (Forssk.), Roem. & Schult.]. J. Seed Sci. [online]. 2015, vol.37, n.4, pp.206-213. ISSN 2317-1545.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-1545v37n4152811.

Objetivou-se nesse estudo realizar a descrição de frutos e sementes e do processo de germinação de rosa do deserto, a partir de dois anos de observações. Os frutos e as sementes foram caracterizados com base no comprimento, diâmetro e número de sementes por fruto; também, descreveu-se a estrutura interna das sementes e o processo de germinação. Realizaram-se testes de germinação às temperaturas de 25 e 30 ºC, determinando-se a porcentagem e índice de velocidade de germinação. As sementes colhidas em 2013 foram armazenadas por 12 meses e submetidas a novo teste de germinação. Paralelo a esses testes determinou-se a curva de embebição das sementes em substrato sobre e entre papel às temperaturas de 15, 20, 25 e 30 ºC. Os frutos e as sementes apresentaram comprimentos e diâmetros semelhantes nos dois anos de observações. As sementes podem ser armazenadas por até 12 meses sem perdas na viabilidade e as temperaturas de 25 e 30 ºC são adequadas para realizar o teste de germinação dessa espécie. A curva de absorção de água das sementes de rosa do deserto segue um padrão trifásico de embebição.

Keywords : Adenium obesum (Forssk.); Roem. & Schult.; Apocynaceae; armazenamento de sementes.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )