SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 número6Efeito da retroalimentação auditiva atrasada na gagueira com e sem alteração do processamento auditivo centralNijmegen Cochlear Implantation Questionnaire (NCIQ): tradução, adaptação cultural e aplicação em adultos usuários de implante coclear índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


CoDAS

versão On-line ISSN 2317-1782

Resumo

BARBERENA, Luciana da Silva et al. Análise quantitativa das curvas de língua na avaliação ultrassonográfica da fala para o som [j] em adultos e crianças. CoDAS [online]. 2017, vol.29, n.6, e20160214.  Epub 18-Dez-2017. ISSN 2317-1782.  https://doi.org/10.1590/2317-1782/20172016214.

Objetivo

Analisar e comparar os contornos médios de língua e os gestos articulatórios na produção do [j] em adultos e crianças com desenvolvimento típico e crianças com desenvolvimento atípico de fala. As crianças com desenvolvimento atípico de fala apresentavam desordens nos sons da fala caracterizadas como desvio fonológico.

Método

O diagnóstico foi determinado pelas avaliações fonoaudiológicas. Desse modo, a amostra foi constituída por três grupos: 30 adultos com desenvolvimento típico de fala (idades entre 19 e 44 anos), 30 crianças com desenvolvimento típico de fala e 30 crianças com desvio fonológico, denominadas neste estudo como atípicas (idades entre quatro anos e oito anos e onze meses). Para todos os grupos, foi realizada avaliação ultrassonográfica dos movimentos da língua. A pesquisa comparou os contornos médios de língua entre os três grupos em diferentes contextos vocálicos seguintes ao som [j]. Para a delimitação dos gestos, considerou-se a elevação máxima da ponta da língua, utilizando-se software Articulate Assistant Advanced (AAA) e imagens no plano sagital/Modo B. Os pontos que interceptaram as curvas de língua foram analisados pela ferramenta estatística R. Os gráficos dos contornos de língua foram obtidos através do cálculo de intervalo com 95% de confiança. Depois dessa etapa, foram obtidas as regiões com diferenças significativas (p-valor ≤ 0,05) entre os grupos de CT e CA.

Resultados

Os contornos médios de língua demonstraram o gesto para a semivogal [j] na comparação entre crianças típicas e atípicas. Para a semivogal [j], há um gesto de língua, de dorso, em direção à área central do palato duro, sendo observadas diferenças significativas entre as crianças.

Conclusão

Os resultados permitiram concluir que existem diferenças entre os grupos de crianças quanto à capacidade de refinar os gestos articulatórios.

Palavras-chave : Fala; Acústica da Fala; Ultrassom; Adulto; Criança; Fonoaudiologia.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )