SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número2Padrões silábicos no desenvolvimento fonológico típico e atípico: análise ultrassonográficaAplicação de uma prova brasileira de vocabulário expressivo em crianças falantes do Português Europeu índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


CoDAS

versão On-line ISSN 2317-1782

Resumo

LOBO, Bárbara Pereira Lopes; MADAZIO, Glaucya Maria Vicente; BADARO, Flávia Azevedo Righi  e  BEHLAU, Mara Suzana. Risco vocal em pastores: quantidade de fala, intensidade vocal e conhecimentos sobre saúde e higiene vocal. CoDAS [online]. 2018, vol.30, n.2, e20170089.  Epub 26-Abr-2018. ISSN 2317-1782.  https://doi.org/10.1590/2317-1782/20182017089.

Objetivo

O objetivo do estudo foi investigar o conhecimento de pastores religiosos sobre aspectos de saúde e higiene vocal e avaliar a quantidade de fala e a intensidade da voz autorrelatadas, tanto nas atividades de uso laboral, quanto extralaboral, para se compreender a possibilidade de risco vocal nestes profissionais.

Método

Foram avaliados 50 pastores, do gênero masculino, com idade entre 22 e 73 anos. Após o preenchimento do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, todos responderam a dois questionários de autoavaliação vocal, a saber: Questionário de Saúde e Higiene Vocal e Quantidade de Fala e Intensidade Vocal. Os resultados foram submetidos à análise estatística.

Resultados

Os pastores apresentaram escores satisfatórios no Questionário de Saúde e Higiene Vocal, porém a quantidade de fala e a intensidade vocal mostraram-se elevadas na situação laboral, quando comparadas à extralaboral. As variáveis tempo de carreira pastoral, quantidade de fala e intensidade de voz extralaborais também estiveram associadas ao conhecimento sobre saúde e higiene vocal.

Conclusão

Os pastores mostraram bom conhecimento sobre saúde e higiene vocal e podem ser considerados como uma população de elevado risco vocal devido ao uso de grande quantidade de fala e intensidade da voz no ambiente laboral.

Palavras-chave : Voz; Fonoaudiologia; Disfonia; Religiosos; Autoavaliação; Distúrbios da Voz.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )