SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número3Desconforto vocal em indivíduos com queixa cervical: uma abordagem baseada em questionários de autoavaliaçãoInfluência do estado comportamental nos padrões de sucção de recém-nascidos pré-termo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Audiology - Communication Research

versão On-line ISSN 2317-6431

Resumo

PERICO, Maíra de Souza et al. Concordância entre os testes perceptivos e a videofluoroscopia no diagnóstico da disfunção velofaríngea. Audiol., Commun. Res. [online]. 2014, vol.19, n.3, pp.222-229. ISSN 2317-6431.  http://dx.doi.org/10.1590/S2317-64312014000300004.

Objetivo

Verificar a concordância entre os resultados dos Testes de Emissão de Ar Nasal e de Hipernasalidade e os achados do exame de videofluorocopia no diagnóstico da disfunção velofaríngea, em indivíduos com fissura labiopalatina.

Métodos

A amostra foi constituída por 89 exames de videofluoroscopia e 89 escores dos Testes de Emissão de Ar Nasal e de Hipernasalidade, interpretados como fechamento velofaríngeo consistente, ou como fechamento velofaríngeo inconsistente, ou ainda, como não fechamento velofaríngeo. Foram calculadas a sensibilidade, a especificidade e a concordância entre a interpretação dos achados dos testes perceptivos e os achados da videofluoroscopia.

Resultados

Foram encontrados índices de sensibilidade e especificidade de 98% e 37%, respectivamente, para o Teste de Emissão de Ar Nasal e de 96% e 63%, respectivamente, para o Teste de Hipernasalidade. As porcentagens de concordância entre os escores do Teste de Emissão de Ar Nasal e os exames de videofluoroscopia e entre os escores do Teste de Hipernasalidade e os exames de videofluoroscopia, para a categoria fechamento velofaríngeo consistente, foram de 62% e 70%, respectivamente, de 43% e 47%, para a de fechamento velofaríngeo inconsistente, respectivamente, e de 68% e 77%, para a de não fechamento velofaríngeo, respectivamente.

Conclusão

Houve um bom nível de concordância entre os testes perceptivos e os exames de videofluoroscopia para as categorias fechamento velofaríngeo consistente e não fechamento velofaríngeo, mas não para a de fechamento velofaríngeo inconsistente.

Palavras-chave : Fissura palatina; Fluoroscopia; Insuficiência velofaríngea; Diagnóstico; Fala.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )