SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 número3Correlação entre tempo de trânsito oral e faríngeo no acidente vascular cerebralAnálise da variação prosódica em diferentes estilos de reportagens telejornalísticas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Audiology - Communication Research

versão On-line ISSN 2317-6431

Resumo

FURLAN, Renata Maria Moreira Moraes; REZENDE, Bárbara Antunes  e  MOTTA, Andréa Rodrigues. Comparação da atividade elétrica dos músculos supra-hióideos durante a realização de diferentes exercícios linguais. Audiol., Commun. Res. [online]. 2015, vol.20, n.3, pp.203-209. ISSN 2317-6431.  https://doi.org/10.1590/S2317-64312015000200001570.

Objetivo

Pesquisar a atividade elétrica dos músculos supra-hióideos em oito diferentes exercícios isométricos e sugerir o exercício mais apropriado para normalização dos dados.

Métodos

Participaram do estudo 22 indivíduos do gênero feminino, com idades entre 19 e 38 anos (M=24,1 anos e DP=3,8 anos). Primeiramente, os participantes foram submetidos à avaliação clínica da língua. Em seguida, por meio de eletromiografia, foi feito o registro da atividade elétrica da região submentual durante o repouso e realização dos exercícios isométricos: sucção de língua no palato; pressão de língua no palato; pressão de ápice de língua contra o palato; pressão de ápice de língua contra a papila palatina; retração exagerada de língua; lateralização de língua e protrusão de língua. A ordem de realização dos exercícios foi randomizada entre os participantes. Os dados coletados foram analisados, utilizando-se os testes Kruskal Wallis e Mann-Whitney. Adotou-se como nível de significância em todas as análises, valor de p≤0,05.

Resultados

A atividade elétrica encontrada para todos os exercícios diferiu apenas daquela medida durante o repouso lingual, não apresentando diferença com significância estatística quando os exercícios foram comparados entre si.

Conclusão

Não houve diferença na ativação elétrica da musculatura supra-hióidea nos diversos tipos de exercícios realizados. Portanto, nenhum destes exercícios foi mais apropriado, em relação aos demais, para normalização dos dados.

Palavras-chave : Eletromiografia; Língua; Força muscular; Sistema estomatognático; Avaliação.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )