SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22Disabling hearing loss: analysis of associated factorsAuditory cortical potential: using different types of speech stimuli in children author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Audiology - Communication Research

On-line version ISSN 2317-6431

Abstract

OLIVEIRA, Maria de Fátima Ferreira de et al. Fones de ouvido supra-aurais e intra-aurais: um estudo das saídas de intensidade e da audição de seus usuários. Audiol., Commun. Res. [online]. 2017, vol.22, e1783.  Epub Sep 21, 2017. ISSN 2317-6431.  http://dx.doi.org/10.1590/2317-6431-2016-1783.

Introdução

A perda auditiva ocasionada pelo uso inadequado de aparelhos amplificadores, como smartphones, vem crescendo rapidamente.

Objetivo

Mensurar e analisar as intensidades máximas e equivalentes de saída dos fones supra-aurais e intra-aurais, comparar as intensidades equivalentes e máximas ajustadas entre os dois tipos de fones e correlacionar o tempo de uso, a intensidade de uso e a média de 500 Hz, 1000 Hz e 2000 Hz e o limiar de reconhecimento de fala.

Métodos

A amostra foi composta por 20 sujeitos de ambos os gêneros, com faixa etária de 16 a 27 anos. As análises dos resultados foram realizadas por orelha, totalizando 40 orelhas. Os procedimentos adotados foram: aplicação de questionário, inspeção do conduto auditivo externo, audiometria tonal e vocal, imitanciometria e avaliação das intensidades de saída dos fones supra-aurais e intra-aurais.

Resultados

Os fones supra-aurais possuíam saídas com intensidades equivalentes e máximas significativamente maiores que os intra-aurais. Quando comparadas as intensidades máximas ajustadas, constatou-se que os usuários de fones intra-aurais utilizaram saídas com intensidades equivalentes e máximas significativamente maiores que os usuários de fones supra-aurais, observando-se uma correlação de média força entre o tempo de uso e o uso diário, na frequência isolada de 3000 Hz.

Conclusão

Os fones supra-aurais possuem saídas com intensidades equivalentes e máximas maiores que os fones intra-aurais, na execução de uma música. Os usuários de fones intra-aurais utilizam saídas com intensidades equivalentes e máximas maiores que os usuários de fones supra-aurais. Os sujeitos que ouvem música com mais frequência, as ouvem por menos tempo ao longo do dia, porém, com a maior intensidade.

Keywords : Audiologia; Perda auditiva; Audiometria; Ruído; Música.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )