SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue1The landscapes from Ouro Preto, Minas Gerais State: decoding in space and timePropagation of Streptosolen jamesonii (Benth.) Miers by stem cutting treated with IBA in different substrates author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ornamental Horticulture

On-line version ISSN 2447-536X

Abstract

STEGANI, Vanessa et al. Crescimento de rosa do deserto fertirrigada com diferentes proporções de nitrato/amônio. Ornam. Hortic. [online]. 2019, vol.25, n.1, pp.18-25.  Epub Apr 29, 2019. ISSN 2447-536X.  https://doi.org/10.14295/oh.v25i1.1248.

Este estudo teve como objetivo determinar a proporção de NO3-/NH4+, fornecidos por fertirrigação que permita o melhor crescimento de plantas de rosa do deserto cultivadas em vaso. As plantas foram cultivadas em casa de vegetação, em vasos de polipropileno, tendo como substrato uma mistura de areia e pó de pinus compostado (1:1, v v-1). Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com seis tratamentos (controle, 0/100 25/75, 50/50, 75/25 e 100/0, de NO3– e NH4+ respectivamente), e dez repetições. As fertirrigações foram realizadas semanalmente na quantidade de 100 mL por vaso durante um período de 180 dias. As variáveis avaliadas foram: altura da parte aérea, diâmetro basal do cáudice, número dos ramos, massa seca de raízes, folhas e cáudice e determinação dos teores e acúmulo de macronutrientes de folha, cáudice e raiz. As proporções de NO3– e NH4+ promoveram maior alteração no teor de nutrientes nas folhas comparado ao cáudice e raízes. Recomenda-se para o cultivo de rosa do deserto a proporção 25/75 de NO3-/NH4+, por proporcionar melhor acúmulo de massa seca pelas plantas, bem como aumento na altura e diâmetro do cáudice das plantas.

Keywords : Adenium obesum; nitrogênio; nutrição; flor de vaso.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )