SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número3Germinação e sobrevivência de Aechmea gamosepala em diferentes substratosComparação de métodos de avaliação dos teores de potássio na solução do substrato e folhas de gérbera índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ornamental Horticulture

versão On-line ISSN 2447-536X

Resumo

SANTOS, Patrick Luan Ferreira dos et al. Uso de bioestimulante a base de alga (Ascophyllum nodosum) na germinação e crescimento de plântulas de girassol ornamental. Ornam. Hortic. [online]. 2019, vol.25, n.3, pp.231-237.  Epub 28-Out-2019. ISSN 2447-536X.  https://doi.org/10.1590/2447-536x.v25i3.2044.

Extratos de algas marinhas são empregados como bioestimulantes devido aos seus efeitos positivos durante o crescimento e rendimento da cultura. O extrato de algas marinhas de Ascophyllum nodosum podem melhorar o crescimento e desenvolvimento de plântulas e diminuir os custos de produção; entretanto, a concentração correta deve ser usada para maximizar os efeitos bioestimulantes. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi analisar os efeitos de diferentes concentrações de um bioestimulante à base de algas marinhas (Ascophyllum nodosum) na germinação e crescimento inicial de plântulas de girassol ornamental. Sementes de girassol ornamental cv. “Sol Pleno” foram semeadas em bandejas de polietileno contendo substrato comercial. Os tratamentos aplicados consistiram em 60 mL com 0 (controle), 5, 10 ou 15 mL L-1 de bioestimulante, pulverizados diariamente. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com 4 tratamentos (concentrações de extrato de alga marinha) e 4 repetições (10 sementes replicadas-1). As variáveis avaliadas foram porcentagem, índice e tempo médio de germinação, altura de plântulas, massa fresca e seca de parte aérea e raízes e morfologia do sistema radicular (WinRhizo). O aumento da concentração de bioestimulante aumentou a germinação das sementes e o desenvolvimento das plântulas, e 15 mL L-1 de bioestimulante promoveram os melhores resultados para porcentagem e índice de germinação e menor índice de tempo de germinação, além de aumentar a altura das plantas e a massa fresca e seca da parte aérea em relação ao tratamento controle. Assim, a concentração de 15 mL L-1 de biosimulante (Ascophyllum nodosum) é recomendada para a germinação de sementes de girassol ornamental “Sol Pleno” e crescimento de plântulas.

Palavras-chave : Helianthus annuus; produção de mudas; extrato de alga; germinação de sementes.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )