SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 número3Influência do volume do recipiente na produção de rizomas em Seemannia (Gesneriaceae)Como produzir cormos de gladíolo? índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ornamental Horticulture

versão On-line ISSN 2447-536X

Resumo

TRASPADINI, Edilaine Istéfani Franklin; MANTOVANI, Cibele  e  PRADO, Renato de Mello. Efeito do silício no conteúdo de proteína e lignina em duas especies anuais de flores. Ornam. Hortic. [online]. 2019, vol.25, n.3, pp.293-298.  Epub 28-Out-2019. ISSN 2447-536X.  https://doi.org/10.1590/2447-536x.v25i3.1737.

É conhecido o efeito benéfico do silício nas plantas, porém não há trabalhos que demonstre qual o efeito deste elemento na produção de proteína e lignina em plantas ornamentais. Este trabalho teve como objetivo avaliar os efeitos da aplicação via fertirrigação de ácido monossilícico nas doses de 0, 2, 4 e 8 mmol L-1 de Si, na produção de proteína e lignina, em duas espécies ornamentais: Viola x wittrockiana Gams ex Nauenb. & Buttler ‘Majestic Giants II Fire’ e Tagetes erecta L. ‘Hero’ (mistura de cores). O experimento foi instalado em esquema fatorial 4 x 2 em delineamento inteiramente casualizado, com cinco repetições. Após 90 dias da semeadura, foram avaliados o teor de N da parte aérea, acúmulo de Si na parte aérea, raiz e total e produção de lignina e proteína. Houve aumento na lignina seguido de redução, a partir da concentração de 2,0 (4,29) e 4,3 (5,72) mmol L-1 de Si em Viola e Tagetes, respectivamente. Também, promoveu aumento do teor de lignina em T. erecta e V. x wittrockiana.

Palavras-chave : nutrição de plantas ornamentais; floricultura; ácido monossilícico.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )