SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue2“I gave birth to him and he gave me my life”: study of occupational transition linked to motherhood of two women with mental disordersCaregivers of family members with chronic diseases: coping strategies used in everyday life author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional

On-line version ISSN 2526-8910

Abstract

MACEDO, Mônica; MARQUES, António; QUEIROS, Cristina  and  MARIOTTI, Milton Carlos. Esquizofrenia, atividades instrumentais de vida diária e funções executivas: uma abordagem qualitativa. Cad. Bras. Ter. Ocup. [online]. 2018, vol.26, n.2, pp.287-298. ISSN 2526-8910.  https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoao1153.

Introdução:

Pessoas com esquizofrenia frequentemente apresentam dificuldades na reinserção social e ocupacional, as quais podem estar associadas a problemas na realização das atividades cotidianas. A disfunção executiva é um dos fatores que têm sido relacionados a essas dificuldades. Objetivo: Conhecer e analisar as potencialidades e dificuldades de pessoas com esquizofrenia frente às Atividades Instrumentais da Vida Diária, especificamente os componentes relacionados à disfunção executiva.

Método:

Participaram da pesquisa pessoas com esquizofrenia, familiares e profissionais inseridos em associações de apoio no Brasil e em Portugal. Para a obtenção dos dados, foram realizados dois grupos focais para cada grupo ‒ usuários, familiares e profissionais ‒, com média de 6,7 participantes (N=40). Os dados foram analisados através da Análise Fenomenológica Interpretativa.

Resultados:

Foram identificados três temas principais e seus respectivos subtemas: O (não) fazer na sua essência - falta de significado, insatisfação e falta de autonomia; Impedimentos - diminuição da volição, inflexibilidade de ação e dificuldade de planejar rotinas e tarefas; Fatores Ambientais - família, associação e profissionais.

Conclusão:

A insuficiência no desempenho ocupacional das pessoas com esquizofrenia que participaram deste estudo, relativamente às Atividades Instrumentais da Vida Diária, está diretamente relacionada aos componentes da disfunção executiva e revela a importância de programas de reabilitação específicos para essa população, visando a melhorias cognitivas e ocupacionais.

Keywords : Esquizofrenia; Função Executiva; Atividades Cotidianas.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )