SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue2Schizophrenia, instrumental activities of daily living and executive functions: a qualitative multidimensional approachThe performance of health professionals in a custody and psychiatric treatment hospital: the perspective of the psychosocial rehabilitation author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Cadernos Brasileiros de Terapia Ocupacional

On-line version ISSN 2526-8910

Abstract

MACHADO, Bento Miguel; DAHDAH, Daniel Ferreira  and  KEBBE, Leonardo Martins. Cuidadores de familiares com doenças crônicas: estratégias de enfrentamento utilizadas no cotidiano. Cad. Bras. Ter. Ocup. [online]. 2018, vol.26, n.2, pp.299-313. ISSN 2526-8910.  https://doi.org/10.4322/2526-8910.ctoao1188.

Introdução:

Cuidar de um familiar adoecido gera um cotidiano adverso envolvendo sofrimento para o cuidador. A literatura da terapia ocupacional não aborda as estratégias de enfrentamento que cuidadores adotam com familiares com doença crônica ou como a percepção sobre o papel desempenhado interfere nas ocupações e projetos.

Objetivos:

Caracterizar os modos de enfrentamento dos cuidadores no cotidiano após um mês da alta hospitalar de um familiar com doença crônica não transmissível (DCNT) e identificar a percepção que eles elaboram sobre si.

Método:

Estudo quantitativo-qualitativo, descritivo e transversal composto por 30 cuidadores de familiares com DCNT acompanhados em enfermaria clínica de um hospital geral. Instrumentos: questionário sociodemográfico, Índice de Barthel, Escala de Modo de Enfrentamentos de Problemas e questionário semiestruturado. A análise dos dados quantitativos foi realizada com estatística descritiva, testes ANOVA para medições repetidas e teste de Duncan e Tukey. A análise temática de conteúdo foi empregada para tratamento dos dados qualitativos.

Resultados:

Os principais modos de enfrentamento foram focalizados no problema e em pensamentos religiosos e fantasiosos. Os participantes expressaram os “sentimentos frente aos problemas cotidianos”, apontando a percepção positiva em face dos sentimentos benéficos advindos dos cuidados, mas também uma percepção negativa pelas alterações da vida ocupacional. As “estratégias de enfrentamento” dos participantes foram a realização de atividades prazerosas, a espiritualidade e busca por suporte social informal, que contribuíram para aliviar os problemas vividos.

Conclusão:

Foram caracterizadas as estratégias de enfrentamento dos cuidadores de familiares com DCNT, destacando quão complexa é a experiência de ser um cuidador.

Keywords : Cuidadores; Doença Crônica; Estratégias de Enfrentamento.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )