SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.3 número1Influência do receptor canabinóide CB1 na substância cinzenta periaquedutal em camundongos tratados por fotobiomodulação após constrição crônica do nervo ciático: ensaio controlado por placeboEfeitos da duloxetina, fluoxetina e pregabalina sobre a hiperalgesia induzida por fentanil em rattus novergicus índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


BrJP

versão impressa ISSN 2595-0118versão On-line ISSN 2595-3192

Resumo

NEVES, Morgana et al. Laser de baixa intensidade nos aspectos morfológicos periarticulares do joelho de ratos Wistar em modelo de artrite reumatoide. BrJP [online]. 2020, vol.3, n.1, pp.8-13.  Epub 27-Fev-2020. ISSN 2595-3192.  http://dx.doi.org/10.5935/2595-0118.20200003.

JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS:

Os efeitos deletérios da artrite reumatoide nos tecidos periarticulares ainda não estão totalmente elucidados, sendo pertinente a busca por tratamentos que possam modular o perfil inflamatório e a remodelação tecidual. O presente estudo avaliou os efeitos do laser de baixa intensidade (LBI) na morfologia dos tecidos periarticulares e membrana sinovial de ratos submetidos à um modelo de artrite reumatoide.

MÉTODOS:

Para tanto, 64 ratos machos foram divididos em períodos inflamatórios agudo (7 dias) e crônico (28 dias), com 4 grupos (n=8) cada, sendo: GC (grupo controle), GL (grupo lesão), GCLa (grupo controle laser) e GLLa (grupo lesão laser). Os animais dos grupos lesão foram submetidos a duas inoculações de Adjuvante Completo de Freund na concentração de 50µL, sendo a primeira na base da cauda e a segunda no joelho direito. Os animais do grupo controle foram submetidos a injeções com solução isotônica de cloreto de sódio. Os grupos GCla e GLLa foram tratados com LBI 660nm, pontual no joelho direito, 5J/ cm2. Após o período experimental, os animais foram eutanasiados e os joelhos processados para análises em microscopia de luz.

RESULTADOS:

Na análise morfológica, GC e GCLa apresentaram aspectos normais. O GL apresentou sinovite, fêmur e tíbia com alterações no periósteo, com células inflamatórias e modificações ósseas. A membrana sinovial mostrou sinais de melhora no GLLa. No período crônico, o tecido ósseo apresentou aspectos morfológicos, denotando remodelação tecidual.

CONCLUSÃO:

O modelo experimental foi eficiente em simular os eventos inflamatórios teciduais, e o laser de baixa intensidade apresentou efeitos benéficos sobre a morfologia dos tecidos periarticulares.

Palavras-chave : Articulação do joelho; Artrite reumatoide; Terapia a laser.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )