SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue1-3Identificação microquímica de minerais primários de potássio no soloAnalise estatística do ensaio de variedades de café: parte II author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Bragantia

Print version ISSN 0006-8705

Bragantia vol.11 no.1-3 Campinas Mar. 1951

http://dx.doi.org/10.1590/S0006-87051951000100005 

Ensaio de variedades de cafeeiros III

 

 

J. E. Teixeira Mendes

Engenheiro agrônomo, Secção de Café, Instituto Agronômico de Campinas

 

 


RESUMO

O ensaio de variedades de cafeeiros foi iniciado na Estação Experimental Central de Campinas, em 1931. A primeira colheita foi realizada em 1935. Em 1939, foi feita a publicação dos resultados referentes ao período 1935-38. Em 1949, nova publicação reuniu os dados do período 1935-46.
No presente trabalho vêm relatados os acontecimentos relativos aos anos que decorreram de 1947 a 1950, ano por ano, e feito o exame dos resultados no período todo, desde o início da produção (1935-1950).
O ensaio teve prosseguimento normal nos anos de 1947 a 1950. Foram feitas as adubações adequadas, as capinas se realizaram em ordem, as colheitas se processaram regularmente bem.
A produção média foi examinada ano por ano, verificando-se que, nesse período, o Bourbon amarelo sempre se colocou no primeiro lugar. Todas as demais variedades tiveram alterações de colocação na competição de produção.
No período em exame (1947-1950), a variedade mais produtiva foi o Bourbon amarelo, seguida pelo Bourbon vermelho, Sumatra, Maragogipe, Nacional e Amarelo de Botucatu.
Com relação ao amadurecimento dos frutos, a variedade mais precoce foi o Amarelo de Botucatu, seguido pelo Sumatra, Nacional, Bourbon vermelho, Bourbon amarelo e, finalmente, o Maragogipe, que foi o mais tardio.
A variedade que apresentou sementes de maior tamanho foi o Maragogipe ; o Nacional, o Amarelo de Botucatu e o Sumatra produziram sementes de tamanho intermediário e o Bourbon vermelho e o Bourbon amarelo as de menor tamanho.
A análise dos dados referentes ao período todo do ensaio (1935-1950), isto é, dezesseis colheitas, demonstraram o seguinte :
a)  existe diferença significativa entre a produção do Bourbon amarelo e a do Bourbon vermelho ; sendo o Bourbon amarelo mais produtivo ;
b)  existe diferença significativa entre a produção do Bourbon vermelho e a do Sumatra ;
c)  existe diferença significativa entre a produção do Sumatra e a do Maragogipe, Nacional e Amarelo de Botucatu ;
d)  não existe diferença significativa entre a produção do Maragogipe, Nacional e Amarelo de Botucatu ;
e)  o aumento médio de colheita, por ano, da variedade Bourbon amarelo, é maior do que o do Bourbon vermelho ;
f) o aumento médio de colheita, por ano, do Maragogipe, é maior que o do Nacional e o do Amarelo de Botucatu.


SUMMARY

The coffee varietal trial was initiated at the Campinas Experimental Station in 1931. The first harvest was gathered in 1935. The results for the period 1935-38 were published in 1939 and the united results for 1935-46, in 1949.
The present paper describes the individual observations for the years 1947 to 1950 and examines the results for the whole period from the beginning (1935-1950). The trial proceeded normally in the years 1947-50. Adequate fertilizers were applied, the ground was cleaned regularly and the process of harvesting was satisfactory.
The mean yield was studied year by year. During the period, Bourbon amarelo always attained first place while the other varieties varied in placing. The order of the varieties, in respect of the total yield for 1947-50, was : Bourbon amarelo (yellow Bourbon), Bourbon vermelho (red Bourbon), Sumatra, Maragogipe, Nacional and Amarelo de Botucatu.
The variety which was the earliest to produce mature fruits was Amarelo de Botucatu, followed by Sumatra, Nacional, Bourbon vermelho, Bourbon amarelo and finally Maragogipe.
The variety producing the largest seeds was Maragogipe : Nacional, Amarelo de Botucatu and Sumatra produced seeds of intermediate size, while the smallest were those of Bourbon vermelho and Bourbon amarelo.
The analysis of the data for the whole period of the trial, i. e., for sixteen harvests, shows the following :
a)  the yield of Bourbon amarelo is significantly higher than that of Bourbon vermelho.
b)  the yield of Bourbon vermelho is significantly higher than that of Sumatra.
c)  the yield of Sumatra is significantly higher than those of Maragogipe, Nacional and Amarelo de Botucatu.
d)  the yields of the last three do not differ significantly among themselves.
e)  the rate of improvement of yield of Bourbon amarelo is greater than that of Bourbon vermelho.
f)  the rate of improvement of yield of Maragogipe is greater than those of Nacional and Amarelo de Botucatu.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

1.  Mendes, J. E. Teixeira. Ensaio de variedades de cafeeiros. Boi. Técn. Inst. Agr. do Estado de S. Paulo (Campinas) 65: 1-36. 1939.         [ Links ]

2.  Mendes, J. E. Teixeira. Ensaio de variedades de cafeeiros II. Bragantia 9: 81-101. 1949.         [ Links ]

3.  Krug, C. A. O cálculo da peneira média na seleção do cafeeiro. Revista do Instituto de Café do Est. de S. Paulo 15: 123-127. 1940.         [ Links ]

4.  Morales, A. Análise estatística do ensaio de variedades de café : Parte II. Bragantia 11 : 45-49, fig. 1-2. 1951.         [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License