SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número1Melhoramento do trigo: IV. Novas linhagens de trigo a partir de cruzamentos com o cultivar recorrente IAC-5 para o estado de São PauloMelhoramento do trigo: V. Estimativas da herdabilidade e correlações entre altura, produção de grãos e outros caracteres agronômicos em trigo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Bragantia

versão impressa ISSN 0006-8705versão On-line ISSN 1678-4499

Bragantia v.42 n.1 Campinas  1983

https://doi.org/10.1590/S0006-87051983000100011 

ARTIGOS

 

Efeito de diferentes herbicidas nas culturas de alho e cebola

 

Effect of different herbicides on garlic and onion crops

 

 

Robert DeuberI; João Baptista FornasierII, *; Rogério Salles LisbãoII, *

ISeção de Fisiologia, IAC
IISeção de Hortaliças Diversas, Instituto Agronômico, IAC

 

 


RESUMO

Foram instalados dois experimentos de campo, um com alho 'Lavínia' e outro com cebola 'Monte Alegre' e 'Roxa do Traviú', para estudar a eficiência de controle e a seletividade de herbicidas. Na cultura do alho, havia os seguintes tratamentos: pendimethalin a 1,50kg/ha, linuron a 1,00kg/ha e oxadiazon a 1,00kg/ha, aplicados no dia do plantio; ioxinil a 0,50 e 0,75kg/ha, ioxinil + oxadiazon a 0,75 + 0,25kg/ha e 0,50 + 0,50kg/ha, aplicados em pós-emergência, testemunhas com e sem cultivo e com palha seca. Ocorreu uma população mista de mato com predomínio de beldroega. Em contagens realizadas aos 48 e 84 dias, verificou-se excelente controle de dicotiledôneas por todos os tratamentos. Ioxinil só ou em mistura com oxadiazon, em pós-emergência, não controlou gramíneas. Nenhum tratamento herbicida reduziu o número de plantas de alho, ocorrendo os menores valores com as testemunhas com mato e com palha. As produções, em peso, de bulbos ocorreram na seguinte ordem decrescente: testemunha capinada >oxadiazon >ioxinil + oxadiazon a 0,50 + 0,50 = pendimethalin = testemunha com palha = ioxinil + oxadiazon a 0,75 + 0,25kg > linuron > ioxinil a 0,75kg >ioxinil a 0,50kg > testemunha com mato. Na cultura da cebola, havia os seguintes tratamentos: pendimethalin a 1,50kg/ha, linuron a 1,00kg, oxadiazon a 1,00kg e chloroxuron a 4,00kg, aplicados no dia do transplantio; ioxinil a 0,50kg e 0,75kg, oxadiazon + ioxinil a 0,75 + 0,25kg, idem a 1,00 + 0,25kg e a 1,00 + 1,00kg, e linuron a 1,00kg, todos aplicados 32 dias após o transplantio, testemunhas com e sem capina. Ocorreu uma população predominante de dicotiledôneas com maior frequência de beldroega e de quenopódio.A avaliação, realizada aos 48 dias, mostrou excelente controle de dicotiledôneas por todos os tratamentos, com valores acima de 95%.O ioxinil, só ou em mistura com oxadiazon, não controlou gramíneas, e o chloroxuron apresentou o menor controle geral, mas ainda satisfatório.O oxadiazon em PRÉ e o linuron em PÓS foram os mais eficientes no controle de gramíneas. Não houve diferenças entre as produções de cebola nos diferentes tratamentos.


SUMMARY

Two field trials with garlic 'Lavínia' and onion 'Monte Alegre' and 'Roxa do Traviú' were performed on a loamy soil to study herbicide selectivity and their efficiency on weed control.
The following treatments were studied on garlic: pendimethalin at 1.50 kg/ha; linuron at 1.00 kg/ha and oxadiazon at 1.00 kg/ha, applied in pre-emergence at the planting day; ioxynil at 0.50 and 0.75 kg/ha, ioxynil + oxadiazon at 0.75 + 0,25 kg/ha and 0.50 + 0.50 kg/ha, applied 35 days after, weeded and hoed checks and a check with mulch.
The weed population was a mixture of various types of weeds; predominated by Portucala oleracea L. Weed control was evaluated at 48 and 84 days. All treatments controlled very well the dicotyledons. Ioxynil alone or mixed with oxadiazon in post-emergence did not control grasses. None of the herbicide treatments reduced the garlic stand, occurring the lowest number on the checks with weeds and mulch. The yields occurred in the following:
hoed check > oxadiazon > ioxynil + oxadiazon at 0.50 + 0.50 kg/ha = pendimethalin = mulch = ioxynil + oxadiazon at 0.75 + 0.25 kg/ha > linuron > ioxynil at 0.75 kg/ha > ioxynil at 0.50 kg/ha > weeded check. On the onion crop the following treatments were studied: pendimethalin at 1.50 kg/ha, linuron at 1.00 kg/ha, oxadiazon at 1.00 kg/ha, and chloroxuron at 4.00 kg/ha, applied in pre-emergence on the day of transplanting; ioxynil at 0.50 and 0.75 kg/ha, oxadiazon + ioxynil at 0.75 + 0.25 kg/ha, at 1.00 + 0.25 kg/ha and at 1.00 + 1.00 kg/ha and linuron at 1.00 kg/ha, all applied 32 days after, weeded and hoed checks.
The weeds occurring were predominantly dicotyledons being Portulaca oleracea L. and Chenopodium album L. the most dominant. Control evaluation was done at 48 days showing an excelent control of dicotyledons (over 95%) by all treatments. Ioxynil alone or mixed with oxadiazon did not control grasses and chloroxuron showed the lowest general control but yielded satisfactory. Oxadiazon in pre-emergence and linuron in post-emergence were the most efficient in controling gresses. There were no differences among treatments for bulb yield.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1. DEUBER, R. & FORSTER, R. Efeitos da competição do mato na cultura da cebola (Allium cepa L.). Campinas, Instituto Agronômico, 1975. 21p. (Boletim Técnico, 22)        [ Links ]

2. __________; __________; CAMPOS, H. R.; MARTINS, F. P.; SCARANARI, H. J. Experimentos com herbicidas em culturas de cebola. Campinas, Instituto Agronômico, 1977. 20p. (Boletim Técnico, 47)        [ Links ]

3. FERREIRA, F. A. & SILVA, J. F. da. Herbicidas na cultura do alho. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, 4(48):35-38, 1978.        [ Links ]

4. __________ & SILVA, J. F. da Plantas daninhas e seu controle na cultura da cebola. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, 6(62) :35-40, 1980.        [ Links ]

5. __________ ; __________; SILVA, R. F. da. Controle químico de ervas daninhas na cultura da. cebola (Allium cepa L.). Revista Ceres, Viçosa, 25:486-490, 1978.        [ Links ]

6. KLINGMAN, C. G. & ASHTON, F. M. Weed Science: principles and practices. New York, J. Wiley, 1975. 431p.        [ Links ]

7. MELFI, A. J.; GIRARDI, A. V.; MONIZ, A. C. Mineralogia dos solos da Estação Experimental "Theodureto de Camargo", em Campinas. Bragantia, Campinas, 25:9-30, 1966.        [ Links ]

8. RHÔNE-POULENC. Bromoxynil and ioxynil, selective weed killers. Lyon. Rhône-Poulenc-Phytosanitaire, 1977. 31p.        [ Links ]

 

 

Recebido para publicação a 16 de setembro de 1981
Trabalho parcialmente apresentado no XIII Congresso Brasileiro de Herbicidas e Ervas Daninhas, Itabuna, Ilhéus (BA), 1980.

 

 

* Com bolsa de suplementação do CNPq.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons