SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número2Trigo, triticale e centeio: avaliação da eficiência ao fósforo e tolerância à toxicidade ao alumínioCompetição de adubos fosfatados no algodoeiro, em ensaio de longa duração índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

  • Português (pdf)
  • Artigo em XML
  • Como citar este artigo
  • SciELO Analytics
  • Curriculum ScienTI
  • Tradução automática

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Bragantia

versão impressa ISSN 0006-8705versão On-line ISSN 1678-4499

Bragantia v.46 n.2 Campinas  1987

https://doi.org/10.1590/S0006-87051987000200006 

ARTIGOS

 

Melhoramento do trigo: XVI. Comportamento de novas linhagens em diferentes regiões do Estado de São Paulo1

 

Wheat breeding: XVI. Evaluation of new inbred lines for the State of São Paulo, Brazil

 

 

Carlos Eduardo de Oliveira CamargoI, 2; João Carlos FelícioI, 2; Benedito de Camargo BarrosII, 2; Antonio Wilson Penteado Ferreira FilhoI; José Guilherme de FreitasI, 2; Jairo Lopes de CastroI, 2; José Carlos SabinoI, 2

ISeção de Arroz e Cereais de Inverno, Instituto Agronômico (IAC), Caixa Postal 28, 13001 Campinas (SP)
II
Seção de Doenças das Plantas Alimentícias Básicas e Olerícolas, instituto Biológico, Campinas (SP)

 

 


RESUMO

Vinte e duas linhagens de trigo foram comparadas com cultivares comerciais, em ensaios instalados em diferentes localidades paulistas em 1983, 1984 e 1985, analisando-se os parâmetros seguintes: rendimento de grãos, altura de plantas, ciclo em dias da emergência ao florescimento e da emergência à maturação, notas de acamamento, comprimento da espiga, número de grãos por espiga e por espigueta, número de espiguetas por espiga, peso de cem grãos, resistência aos agentes causais de oídio e doenças das folhas em condição de campo; resistência aos agentes causais das ferrugens do colmo e da folha em campo e em casa de vegetação. Em laboratório, foram realizados estudos da tolerância ao alumínio, em soluções nutritivas. Em relação à produção de grãos, destacaram-se as linhagens IAC-103, IAC-104, IAC-107, IAC-167 e PAT 73121, que não diferiram dos cultivares controles (BH-1146, IAC-18 e Alondra S-46). As linhagens IAC-104, IAC-107, IAC-111, IAC-167, ISWYN-31/82 e Kenya Kifaru mostraram plantas de porte semi-anão. As linhagens IAC-108 e ISWYN-31/82 destacaram-se quanto à resistência ao agente causal de oídio; IAC-110 e IAC-111, quanto à menor ocorrência de doenças nas folhas; IAC-100, IAC-101, IAC-111, IAC-167 e PAT 73121, quanto à resistência ao agente causal da ferrugem-da-folha em condição de campo; IAC-104, IAC-108, IAC-110, IAC-111, IAC-167, ISWYN-31/82 e Kenya Kifaru, quanto à resistência ao agente causal da ferrugem-do-colmo, em campo. A linhagem IAC-167 e o cultivar Alondra S-46 foram resistentes a oito raças de Puccinia graminis tritici, agente da ferrugem-do-colmo, em casa de vegetação, e IAC-103 e Kenya Kifaru foram resistentes a sete raças. A IAC-167 foi resistente a três raças de Puccinia recondita, agente da ferrugem-da-folha, em casa de vegetação. As linhagens IAC-99 e IAC-109 foram tão tolerantes à toxicidade de alumínio quanto os cultivares BH-1146 e IAC-18, sendo IAC-100, IAC-106, IAC-167 e ISWYN-31 /82, as mais sensíveis.

Termos de indexação: trigo, cultivares, linhagens, produtividade, resistência, ferrugens, alumínio, porte semi-anão.


SUMMARY

Twenty two inbred lines obtained at the Instituto Agronômico, from the wheat breeding program plus the cultivars BH-1146, IAC-18 and Alondra-S-46 were evaluated in field experiments carried out at Campinas Experimental Center, at Tietê and Capão Bonito Experimental Stations and at Santa Inês Farm, Maracaí, State of São Paulo, Brazil, during the years of 1983, 1984 and 1985. Grain yield, plant height, number of days from emergence to flowering and from emergence to maturation, percentage of lodging, head lenght, number of grain per spike and per spikelet, number of spikelets, weight of 100 grains, and resistance to the powdery mildew and to the stem and leaf rust agents, were evaluated under field conditions. Tests of resistance to stem and leaf and to aluminum tolerance were also made, respectively, in greenhouse and in laboratory. In relation to grain yield the lines IAC-103, IAC-104, IAC-107, IAC-167 and PAT-73121 showed good performance, but they did not differ from the control cultivars, BH-1146, IAC-18 and Alondra-S-46. The lines IAC-104, IAC-107, IAC-111, IAC-167, ISWYN-31/82 and Kenya Kifaru exhibited the semidwarf type when compared to the tall cultivars BH-1146 and IAC-18. In relation to the powdery mildew disease, the lines IAC-108 and ISWYN-31/82 showed high resistance under field conditions. The line IAC-167 and the cultivar Alondra-S-46 were resistant to eight races and IAC-103 and Kenya Kifaru were resistant to seven races of P. graminis tritici, causal agent of stem rust under greenhouse conditions. The lines IAC-104, IAC-108, IAC-110, IAC-111, IAC-167, ISWYN-31/82 and Kenya Kifaru showed high resistance to stem rust under natural conditions of plant infection. The line IAC-1 67 was resistant to three races of P. recondita at the seedling stage under greenhouse conditions. The lines IAC-100, IAC-101, IAC-111, IAC-167 and PAT-73121 presented good resistance to this disease under natural infection out in the field. The lines IAC-99 and IAC-109 were as tolerant to the presence of 10 mg/l of Al3+ in the nutrient solution as the cultivars IAC-18 and BH-1146.

Index terms: wheat, cultivars, lines, grain yield, resistance, rusts, aluminum toxicity, semidwarf.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BARCELLOS, A.L. Ferrugem-da-folha de trigo - população patogênica no Brasil em 1983 e 1984, e reações dos cultivares dos ensaios finais da Região Centro-Sul. ln:REUNIÃO DA COMISSÃO CENTRO-SUL-BRASILEIRA DE PESQUISA DE TRIGO, 1., Londrina, 1985. Passo Fundo, EMBRAPA, Centro Nacional de Pesquisa de Trigo, 1985. p.1-38.        [ Links ]

CAMARGO, C.E.O. Estudos de variedades de trigo para o Estado de São Paulo. Piraciaba, Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", 1972. 102p. Tese (Doutoramento)        [ Links ]

__________; FELÍCIO, J.C.; BARROS, B.C.; FREITAS, J.G.; FERREIRA FILHO, A.W.P. & CASTRO, J.L. Melhoramento do trigo: novas linhagens para o Estado de São Paulo. Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, 52(1/4):27-37, 1985a.        [ Links ]

__________;__________;__________;__________;__________;__________& SABINO, J.C. Melhoramento do trigo. XV. Produtividade e outras características de novas linhagens para o Estado de São Paulo. Bragantia, Campinas, 46(1):105-120, 1987a.        [ Links ]

__________; __________; FREITAS, J.G.; BARROS, B.C.; CASTRO, J.L. & SABINO, J.C. Melhoramento do trigo. XII. Comportamento de novas linhagens e cultivares no Estado de São Paulo. Bragantia, Campinas, 44(2):669-685, 1985b.        [ Links ]

CAMARGO, C.E.O.; FELÍCIO, J.C. & ROCHA JÚNIOR, L.S. Trigo: tolerância ao alumínio em solução nutritiva. Bragantia, Campinas, 46(2):183-190, 1987b.        [ Links ]

__________& ISSA, E. Estudo comparativo de cultivares de trigo em Latossolo Roxo no Vale do Paranapanema. Bragantia, Campinas, 33:75-86, 1974.        [ Links ]

__________; KRONSTAD, W.E. & METZGER, R.J. Parent-progeny regression estimates and associations of height level with aluminum toxicity and grain yield in wheat. Crop Science, 20:355-358, 1980.        [ Links ]

__________& OLIVEIRA, O.F. Tolerância de cultivares de trigo a diferentes níveis de alumínio em solução nutritiva e no solo. Bragantia, Campinas, 40:21-31, 1981.        [ Links ]

COELHO, E.T. Informações sobre ferrugem-do-colmo do trigo (Puccinia graminis tritici). ln:REUNIÃO CENTRO-SUL-BRASILEIRA DE PESQUISA DE TRIGO, 1., Londrina, 1985. Passo Fundo, EMBRAPA, Centro Nacional de Pesquisa do Trigo, 1985. p.1-5.        [ Links ]

FELÍCIO, J.C; BARROS, B.C.; CAMARGO, C.E.O. & BÄR, W.H. Maracaí(IAC-17) e Xavantes (IAC-18): cultivares de trigo para o Estado de São Paulo. Bragantia, Campinas, 42:15-25, 1983.        [ Links ]

__________; CAMARGO, C.E.O.; BARROS, B.C. & VITTI, P. Iguaçu (IAC-21) e Araguaia (ÍAC-22): cultivares de trigo de sequeiro para o Estado de São Paulo. Bragantia, Campinas, 44(1):115-128, 1985.        [ Links ]

MEHTA, Y.R. Doenças do trigo e seu controle. São Paulo, Ceres, 1978. 190p.        [ Links ]

MOORE, D.P.; KRONSTAD, W.E. & METZGER, R.J. Screening wheat for aluminum tolerance. In: WORKSHOP ON PLANT ADAPTATIONS TO MINERAL STRESS IN PROBLEM SOILS, Beltsville, Maryland, 1976, edited by Madison J. Wright - Proceedings. Itaca, Cornell University, 1976. p.287-295.        [ Links ]

 

 

Recebido para publicação em 22 de agosto de 1986.

 

 

1 Com recursos complementares do Acordo do Trigo entre as Cooperativas de Produtores Rurais do Vale do Paranapanema e a Secretaria de Agricultura e Abastecimento, por meio do Instituto Agronômico. Trabalho apresentado na XIV Reunião Nacional de Pesquisa de Trigo, Londrina (PR), julho de 1986.
2 Com bolsa de suplementação do CNPq.

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons