SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35Vegetative development of eggplant (Solanum melongena L.) as affected by container sizeRecent brazilian experience on farmer reaction and crop response to fertilizer use author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Anais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz

Print version ISSN 0071-1276

An. Esc. Super. Agric. Luiz de Queiroz vol.35  Piracicaba  1978

https://doi.org/10.1590/S0071-12761978000100015 

Influência do butralin como anti-brotante em cultura de fumo (Nicotiana tabacum L. cv. 'Goiano')

 

Influence of chemical pruning agent in inhibiting axillary bud growth of tobacco plants (Nicotiana tabacum L. cv. 'Goiano')

 

 

A.A. Lucchesi I; J.D. Costa II; A.C. Florencio III; J.F. Franco IV

IDepartamento de Botânica, E.S.A. "Luiz de Queiroz", USP
IIDepartamento de Agricultura e Horticultura, E.S.A. "Luiz de Queiroz", USP
IIIEstagiário do Departamento de Botânica, E.S.A. Luiz de Queiroz", USP
IVDesenvolvimento Téc. da Union Carbide do Brasil Ltda

 

 



RESUMO

Com a finalidade de se evitar a operação de desbrota manual em plantas de fumo (Nicotiana tabacum L.), controlando a brotação axilar, conduziu-se um experimento, em Piracicaba (SP), em condições de campo, utilizando-se um inibidor de brotação, o 4-(1,1-dimetiletil)-N-(1-metilpropil)-2,6-dinitrobenzenamina (butralin), nas concentrações de 1, 2 e 3% do produto comercial, na dose de 20 ml da emulsão por planta, aplicada logo após a retirada da inflorescência principal, na extremidade superior da haste atingindo as gemas axilares uniformemente.
Os resultados mostram que o butralin, nas concentrações utilizadas, em comparação com o controle, promove a inibiçao no desenvolvimento dos meristemas das gemas axilares, sem afetar o desenvolvimento das folhas. A concentração de 2% do produto comercial, foi a que proporcionou maior peso de matéria seca de folhas e menor de matéria seca de brotos.
Os resultados mostram que o butralin, nas concentrações utilizadas, em comparação com o controle, promove a inibiçao no desen volvimento dos meristemas das gemas axila-res, sem afetar o desenvolvimento das folhas. A concentração de 2% do produto comercial, foi a que proporcionou maior peso de materia seca de folhas e menor de materia seca de brotos.



SUMMARY

An experiment to verify the possibility in reducing manual bud pruning in tobacco (Nicoticma tabacum L.) by controlling axilary buds with an inhibitor of axillary bud growth was conducted, Butralin, at 1, 2 and 3% of commercial product, using 20 ml per plant, applied just after removing the principal inflorescence on upper stem end was used. The results have showed that all concentrations of butralin promoved inhibition of axillary sprout meristem developments, without affecting leaf growth. The concentration of 2% of commercial product gave the highest leaf dry matter and the lowest axillary sprout dry matter weight.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

LITERATURA CITADA

AKEHURST, B.C., 1973. El tabacco. Traduzido por Esteban R. Sauri. Ed. Labor S.A., Barcelona, Espanha, p. 133-135.         [ Links ]

CHASTINET, E., 1968. Na cultura do fumo, capação garante qualidade e rendimento. Agricultura e Pecuária 39:524.         [ Links ]

CORTE BRILHO, R., 1967. A cultura do fumo e sua manufatura em corda. Secretaria da Agricultura do Est. de São Paulo, Departamento de Produção Vegetal, Bol. Téc. 14, 88 p.         [ Links ]

FAHL, J.I,; D'ANDREA PINTO, A.J.; VEIGA, A.A., 1978. Efeitos da aplicação de inibidor de brotação na cultura do fumo (Nicotiana tabacum L.). In Sétima Reunião Latinoamericana de Fisiologia, Mar del Plata, Argentina, p. 47.         [ Links ]

KOZUKI, A., 1977. Cultura do fumo em folha. Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo, CATI, Bol. Téc. 109, 23 p.         [ Links ]

LIMA, A.R.; SANTOS, S.R. DOS, 1956. Instruções para a cultura do fumo de corda. Instituto Agronômico de Campinas (SP), Bol. 78, 25 p.         [ Links ]

NOGUEIRA, F.D., 1969. A cultura do fumo. A Lavoura 72 (11/ 12): 22-32.         [ Links ]

ORSI, E.W.L., 1956. Os hormônios da cultura do fumo. Suplemento Agrícola do Est. de São Paulo 2 (86):12.         [ Links ]

ORSI, E.W.L., s.d. Cultura e produção do fumo de corda. Dep. Agr. e Hort. da E.S.A. "Luiz de Queiroz", Piracicaba, SP, apostilado, 51 p.         [ Links ]

STREET, H.E.; OPIK, H;., 1974. Fisiologia das angiospermas: crescimento e desenvolvimento. Traduzido por Kurt G. Hell, Ed. Polígono, Ed. da USP, 332 p.         [ Links ]

 

 

Entregue para publicação em 20.12.1978

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License