SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19Between libertarian utopia and political realism: Godwin and Shelley on revolutionAlvares de Azevedo and the romantic drama author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Trans/Form/Ação

Print version ISSN 0101-3173

Trans/Form/Ação vol.19  Marília Dec. 1996

https://doi.org/10.1590/S0101-31731996000100003 

ARTIGOS ORIGINAIS

 

A figura do poeta em Friedrich von Hardenberg (Novalis) e Gaston Bachelard: algumas considerações*

 

The poet's figure in Friedrich von Hardenberg (Novalis) and Gaston Bachelard: some considerations

 

 

Maria Elisa de Oliveira

Departamento de Filosofia - Faculdade de Filosofia e Ciências - UNESP - 17525-900 - Marília - SP

 

 


RESUMO

Através do Fogo - elemento marcante tanto em Novalis (século XVIII) quanto em Gaston Bachelard (século XX), pudemos ensaiar uma aproximação entre esses dois autores, distantes no tempo, mas próximos no tocante à valorização da imaginação (estética).

Palavras-chave: Universo poético; o elemento do fogo; imaginação; poesia; poeta; conceito; filosofia; razão; devaneio.


ABSTRACT

Through Fire - important element in Novalis (XVIII century) and Gaston Bachelard (XX century), we could try an approach between these two authors, separated in time, but close in the aesthetic's imagination value.

Keywords: Poetic universe; the fire's element; imagination; poetry; poet; concept; philosophy; reason; daydream.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

Referências bibliográficas

BACHELARD, G. Instante poético e instante metafísico. In: ______. O direito de sonhar. Trad. J. A. M. Pessanha et al. 2.ed. São Paulo: Difel, 1986.         [ Links ]

______. A chama de uma vela. Trad. G. de C. Lins. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1989a.         [ Links ]

______. L'eau et les rêves. Paris: J. Corti, 1989b.         [ Links ]

______. Fragmentos de uma poética do fogo. Trad. N. Telles; organização e notas de S. Bachelard. São Paulo: Brasiliense, 1990.         [ Links ]

______. La psychanalyse du feu. Paris: Gallimard, 1949.         [ Links ]

BACHELARD, S. Um livro vivido. In: BACHELARD, G. Fragmentos de uma poética do fogo. Trad. N. Telles; organização e notas de S. Bachelard. São Paulo: Brasiliense, 1990.         [ Links ]

BARJAU, E. Introdução. In: Novalis. Hinnos a la noche y Enrique de Ofterdingen. 2.ed. Madrid: Nacional, 1981.         [ Links ]

BRION, M. Novalis, Hoffman, Jean-Paul. Trad. M. L. Melcón. Barcelona: Barral Editores S.A., 1971. (La Alemanha Romântica II).         [ Links ]

CAMUS, M. Préface. In: NOVALIS. Henry d'Ofterdingen. Paris: Aubier, 1942.         [ Links ]

CARVALHO, B. Benedito Nunes liga literatura e filosia. Folha de S.Paulo, São Paulo, 5 set. 1993, p.5.         [ Links ]

CHAPSAL, M. Les écrivains en personne. Paris: Union Générale des Editions, 1960 Coll. 10/18, n.809, p.15-20.         [ Links ]

FELÍCIO, G. A autogenia da imaginação. In: ______. A imaginação simbólica nos quatros elementos bachelardianos. São Paulo: Edusp, 1994.         [ Links ]

GRAIEB, C. Crítico revê polaridade filosofia-literatura. O Estado de S.Paulo, São Paulo, 8 jan. 1991. Cultura, v.8, n.697, p.1.         [ Links ]

JUPIASSÚ, H. Para ler Bachelard. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1976.         [ Links ]

MATOS, C. F. O. A escola de Frankfurt: luzes e sombras do Iluminismo. São Paulo: Moderna, 1993. (Coleção Logos).         [ Links ]

NOVALIS. Henri d'Ofterdingen. Trad. et préfacé par M. Camus. Paris: Aubier, 1942. (Collection Bilingue).         [ Links ]

NOVALIS. Hinos à noite. Trad., seleção, introdução e notas de N. N. Okamnoto e P. Allegrini. Ed. bilíngüe. Mairiporã: Esfinge, 1987.         [ Links ]

PAZ, O. A imagem. In: ______. O arco e a lira. Trad. O. Savary. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1982. p119-38.         [ Links ]

PESSANHA, J. A. M. Introdução. In: BACHELARD, G. O direito de sonhar. Trad. J. A. M. Pessanha et al. 2.ed. São Paulo: Difel, 1986.         [ Links ]

TORRES FILHO, R. R. Apresentação. In: NOVALIS. Pólen. Trad., apresentação e notas de R. R. Torres Filho. São Paulo: Iluminuras, 1988.         [ Links ]

TOURNIER, M. Novalis e Sofia. In: VON HARDENBERG, F. Os discípulos em Saïs. Trad. do texto de Novalis de L. Bruhein. Lisboa: Hiena, 1989.         [ Links ]

 

 

* Este texto foi elaborado por ocasião da preparação para o Doutorado (em andamento) na USP, na área de Filosofia.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License