SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue2Sporting initiation of Brazilian sailors: a diagnoses qualitative study author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Ciências do Esporte

On-line version ISSN 2179-3255

Rev. Bras. Ciênc. Esporte (Impr.) vol.33 no.2 Porto Alegre Apr./June 2011

http://dx.doi.org/10.1590/S0101-32892011000200001 

EDITORIAL

 

RBCE: expressando a pluralidade do campo

 

 

A RBCE segue em sua trajetória de divulgação e catalisação da pesquisa em Educação Física/Ciências do Esporte. Esse movimento tem sido marcado, e deverá assim seguir, pela pluralidade que caracteriza o campo de conhecimentos. Este é um fator fundamental da política editorial da revista que só pode ser alcançado com a colaboração de toda a comunidade, seja na submissão de artigos, na condução da arbitragem e ainda na constante busca de novas indexações e do diálogo amplo com as pares, no Brasil e no exterior. Um passo importante nesse processo tem sido a disponibilização de sumários e resumos de números futuros que se encontram em editoração, na plataforma on line da revista.

Nesse contexto, este número da RBCE publica artigos originais oriundos de diversas regiões do Brasil e duas colaborações do exterior: uma de Portugal e outra da Espanha. Nele, o fenômeno esportivo é abordado a partir de distintos enfoques: na iniciação esportiva de velejadores brasileiros de alto rendimento, nos fatores motivacionais que determinam a permanência de jovens atletas no voleibol de alto nível, na prevalência de dor musculoesquelética em corredores de rua no momento em que precede o início da prova, em estudo sobre o melhor modelo de periodização do treinamento esportivo (PTE). Especificamente no caso do futebol, três artigos dedicados ao tema são aqui publicados. Um investiga o nível de conhecimento tático declarativo (CTD) de jogadores de diferentes categorias e posições, outro trata da distância total percorrida por jogadoras durante uma partida, o terceiro, oriundo de Portugal, problematiza a prática com base em uma abordagem estética, destacando sua importância na formação de jogadores. Os mega-eventos esportivos são analisados em artigo que discute a organização e o relacionamento dos espaços de Beijing e dos Jogos Olímpicos de 2008, e no que investiga como jovens estudantes compreendem e interpretam as estratégias de agendamento dos Jogos Pan-americanos Rio/2007.

A pluralidade de temas se manifesta nos demais artigos: análise da perda de peso (PP) e do consumo de líquidos durante sessões de treinamento de ballet clássico; perfil sociodemográfico, laboral e formativo dos licenciandos que trabalham na direção e organização de atividade física na comunidade valenciana (Espanha); noções de infância, cultura e movimento presentes na Educação Física a partir das contribuições da Antropologia da Criança; o jogo como um dos conteúdos fundamentais de ensino da Educação Física, considerando-o a partir de seus pressupostos simbólico, mítico e estético; análise sobre a categoria cultura corporal, refletindo acerca do objeto de estudo da Educação Física escolar na perspectiva crítico-superadora. Dois artigos de revisão também comparecem: o primeiro abordando os fatores etiológicos da lombalgia em ciclistas, o outro sobre a reabilitação de pessoas com deficiência por meio do desporto adaptado. Completamos a publicação com uma resenha do livro de David Le Breton, As paixões ordinárias, publicado, no Brasil, em 2009.

Boa leitura!

Florianópolis, Vitória, maio de 2011.
Alexandre Fernandez Vaz
Felipe Quintão de Almeida
Jaison José Bassani

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License