SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.53 issue4Bacterial septicemia in water snakes (Helicops modestus) in BrazilPlasma progesterone concentration in recipient heifers submitted to administration of rbST, GnRH or hCG on day five of the estrous cycle author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

Print version ISSN 0102-0935On-line version ISSN 1678-4162

Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. vol.53 no.4 Belo Horizonte Aug. 2001

https://doi.org/10.1590/S0102-09352001000400011 

COMMUNICATION

[Comunicação]

 

Primeira ocorrência de Triplasta coxalis (Ashmead) em pupas de Palaeosepsis sp. e nova ocorrência de Kleidotoma nigra (Hartig) (Hymenoptera: Figitidae: Eucoilinae) no Brasil

[First occurrence of Triplasta coxalis (Ashmead) in pupae of Palaeosepsis sp. and new occurrence of Kleidotoma nigra (Hartig) (Hymenoptera: Figitidae: Eucoilinae) in Brazil]

 

C.H. Marchiori, E.R. Caldas, K.G.S. Almeida

Departamento de Ciências Naturais do Instituto Luterano de Ensino Superior de Itumbiara
Caixa Postal 23-T
75500-000 - Itumbiara, GO

 

Recebido para publicação em 23 de março de 2001.
E-mail:
pesquisa@ns.itumbiara.com.br

 

 

Os Eucoilinae são endoparasitóides coinobiontes de larvas de Diptera Cyclorrpha que emergem da pupa do hospedeiro (Gauld & Bolton, 1988), pertencentes à família Figitidae, superfamília Cynipoidea (Malavasi & Zucchi, 2000). São conhecidos aproximadamente 29 gêneros e 55 espécies de Eucoilinae no Brasil (Malavasi & Zucchi, 2000). Segundo Fergusson (1995), grande parte da fauna dos Eucoilinae neotropicais ainda não foi estudada. Os objetivos deste estudo foram investigar o hospedeiro de Triplasta coxalis, a nova ocorrência do parasitóide Kleidotoma nigra e também Triplasta coxalis no Brasil.

O experimento foi realizado na Chácara Vilela, situada no Bairro Village, distante cinco quilômetros de Itumbiara-GO (18º25'S e 49º13'W), às margens do rio Paranaíba. A chácara possui área de aproximadamente 29 hectares, com 50 bovinos da raça Girolanda, destinados à produção de leite.

Fezes frescas foram coletadas imediatamente após a sua emissão nos currais e misturadas em quatro baldes de 20 litros. Placas artificiais de fezes de aproximadamente dois litros foram produzidas e colocadas dentro de 15 bacias plásticas (40cm de diâmetro e 12cm de altura) contendo no seu interior uma camada de 5cm de solo do próprio local. Foram realizadas perfurações nas bacias que permitissem o escoamento de água. A partir daí, as bacias foram colocadas no pasto, ao nível do solo, para servirem de substrato à desova e desenvolvimento de artrópodes. A cada intervalo de 24 horas, após a exposição, as placas foram retiradas nos tempos de 24, 48, 72, 96, 120, 144, 168, 192, 216 e 240 horas de exposição. As bacias foram cobertas com organza, levadas e mantidas no laboratório para obtenção de pupas, pelo método da flutuação. As pupas foram individualizadas em cápsulas de gelatina (número 00) e mantidas até a emergência dos parasitóides. A prevalência de parasitismo foi calculada segundo fórmula de Bush et al. (1997).

Após a coleta de 20 placas fecais entre janeiro e fevereiro de 2001, obtiveram-se quatro espécimes de Triplasta coxalis (Ashmead) e um espécime de Kleidotoma nigra (Hartig) de 1163 pupários de Palaeosepsis sp. (Diptera: Sepsidae) em fezes de 144 horas de exposição nas pastagens. A prevalência de parasitismo de T. coxalis e K. nigra foi de 0,34% e 0,08%, respectivamente. Observou-se prevalência total de parasitismo de 0,43%.

Diaz & Gallardo (1996) citam a ocorrência de Triplasta coxalis nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, mas seus hospedeiros até o momento são desconhecidos, e de Kleidotoma nigra no Estado do Mato do Grosso do Sul. Portanto, este trabalho relata a nova ocorrência dessas duas espécies no Estado de Goiás. Esses dados são importantes, pois contribuem para o conhecimento da fauna de Eucoilinae no Brasil.

Palavras-chave: Diptera, Hymenoptera, Triplasta coxalis, fez bovina, Goiás

 

ABSTRACT

Triplasta coxalis (Ashmeda) (Figitidae: Eucoilinae), was found as a parasitoid of Palaeosepsis sp. (Diptera: Sepsidae) in Itumbiara, GO, Brazil (18º25'S and 49º13'W). The samples of bovine dung were taken from pats 24, 36, 72, 96, 120, 144, 168, 192, 216, and 240 hours of exposition, placed in plastic containers and kept in the laboratory conditions. The pupae were extracted by flotation in water. Pupae were individually placed in gelatin capsules until emergence of adult flies or their parasitoids. Four and one specimens of Triplasta coxalis and Kleidotoma nigra, respectively, were collected. This was the first report on occurrence of the parasitoid Kleidotoma nigra and Triplasta coxalis in Goiás.

Keywords: Diptera, Hymenoptera, Triplasta coxalis, cow dung, Brazil

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BUSH, A.O., LAFFERTY, K.D., LOTZ, J.M. et al. Parasitology meets ecology on its own terms: Margolis et al. Revisited. J. Parasitol., v.83, p.575-583, 1997        [ Links ]

DIAZ, N.B., GALLARDO, F.E. Sobre cinipoideos del Brasil, parasitoides de dipteros estercoleros (Hymenoptera: Cynipoidea). Rev. Soc. Entomol. Argent., v.55, p.127-129, 1996.         [ Links ]

GAULD, I.D., BOLTON, B. The Hymenoptera. New York: Oxford University, 1988. 331p.        [ Links ]

FERGUNSSON, N.D.M. The cynipoid families. In: HANSON, P.E., GAULD, I.D. The Hymenoptera of Costa Rica. New York: Oxford University Press, 1995. p.247-265.        [ Links ]

MALAVASI, A.J.S., ZUCCHI, R.A. Moscas-das-frutas de importância econômica no Brasil. Holos Editora, 2000. 327p.        [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License