SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.53 issue4Progesterone and estradiol 17-beta concentration, and ultrasonic images of the embryonic vesicle during the early pregnancy in Thoroughbred maresPrenatal Babesia bovis infection author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

  • Article in xml format
  • How to cite this article
  • SciELO Analytics
  • Curriculum ScienTI
  • Automatic translation

Indicators

Related links

Share


Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia

Print version ISSN 0102-0935On-line version ISSN 1678-4162

Arq. Bras. Med. Vet. Zootec. vol.53 no.4 Belo Horizonte Aug. 2001

https://doi.org/10.1590/S0102-09352001000400016 

COMUNICAÇÃO

[Communication]

 

Nascimento de bezerra gerada com auxílio das técnicas de punção folicular e fertilização in vitro no Estado de Minas Gerais

[Birth of a calf produced by follicular puncture and in vitro fertilization techniques in Minas Gerais State, Brazil]

 

J.H.M. Viana1, L.S.A. Camargo1, A.M. Ferreira1, W.F. 1, A.P. Marques Júnior2

1Centro Nacional de Pesquisa em Gado de Leite
Rua Eugênio do Nascimento 610
36038-330 - Juiz de Fora, MG

2
Escola de Veterinária da Universidade Federal de Minas Gerais

 

Recebido para publicação em 3 de agosto de 2000
Recebido para publicação, após modificações, em 9 de março de 2001.
E-mail:
jhmviana@cnpgl.embrapa.br

 

 

A técnica de punção folicular orientada por ultra-som (OPU) foi originalmente desenvolvida para a recuperação de oócitos destinados à fertilização in vitro em mulheres com problemas reprodutivos (Feichtinger & Kemeter, 1986), sendo posteriormente adaptada para a utilização em bovinos (Pieterse et al., 1991). A técnica apresenta grande potencial quando comparada aos métodos convencionais de reprodução assistida, pois possibilita a recuperação de gametas diretamente do ovário, independente da época do ciclo estral (Stubbings & Walton, 1995) e sem a necessidade de tratamentos hormonais (Gibbons et al., 1994), contornando limitações inerentes à superovulação (Hahn, 1992). Também possibilita a obtenção de produtos de animais com infertilidade adquirida por distúrbios na porção tubular do trato genital (Schernthaner et al., 1999).

Com o objetivo de implementar a técnica e adaptar a metodologia foi iniciado um protocolo experimental de punção folicular, utilizando vacas da raça Holandesa (n=8), multíparas, lactantes, pertencentes à Embrapa Gado de Leite, e mantidas no campo experimental de Coronel Pacheco, MG. As punções foram realizadas por meio de um aparelho de ultra-sonografia (Scanner 100S, Pie-Medical) equipado com um transdutor setorial intravaginal de 7,5Mhz e uma guia para punção folicular. O aspirado folicular foi recuperado em um filtro com malha de 80m (Millipore) contendo PBS acrescido de 0,1% de BSA. Os oócitos identificados foram avaliados e conduzidos em meio Talp-Hepes ao laboratório de fertilização in vitro, localizado em Juiz de Fora, a uma distância aproximada de 40km. A maturação foi realizada em meio TCM 199 por 22h, em estufa a 39oC com 5% de CO2 e 95% de umidade. Para a fertilização utilizou-se sêmen de touro da raça Holandesa, na concentração de 2´106 espermatozóides por gota de fecundação. Após 18h em meio de fecundação, os oócitos foram transferidos para as placas de co-cultivo, realizado em meio CR-2 com células da granulosa. No sétimo dia de cultivo, os blastocistos viáveis obtidos foram envasados em palhetes de 0,25ml e transportados para o campo experimental de Coronel Pacheco, onde foram inovulados não-cirurgicamente em receptoras mestiças Holandês-Zebu (n=5) previamente sincronizadas. O diagnóstico de gestação foi realizado por ultra-sonografia 23 dias após a inovulação.

As primeiras transferências de embriões produzidos in vitro a partir de oócitos recuperados por punção folicular foram realizadas em setembro de 1999, e resultaram no nascimento de uma fêmea em julho de 2000, por parto natural, não assistido. O período de gestação foi de 293 dias, 11 dias (4,6 %) superior ao considerado normal para a raça Holandesa, que é de 278 a 282 dias, segundo Roberts (1986). Prolongamento do período de gestação foi relatado para bezerros oriundos de fertilização in vitro por Hasler et al. (1995) e Holm & Callesen (1998). Apesar do aumento no período de gestação, a bezerra nasceu com 32kg, e com características morfofisiológicas e vigor normais para a raça.

Embora técnica de rotina em outros centros, este é o primeiro bezerro gerado com o auxílio de punção folicular in vivo e fertilização in vitro por um grupo de pesquisa do Estado de Minas Gerais, e confirma o potencial das técnicas utilizadas na reprodução assistida de fêmeas bovinas, o que abre novas perspectivas de pesquisa nos campos da fisiologia ovariana e embriologia, e na multiplicação de animais com genótipos superiores em Minas Gerais.

Palavras-chave: Bovino, fertilização in vitro, punção folicular

 

ABSTRACT

Ultrasound-assisted follicular puncture is a technique of oocyte recovery for in vitro fertilization and production of embryos. In order to adjust the methodology, a field trial was performed using lactating Holstein cows (n=8) as oocyte donors. Punctures were done with an ultrasound device equipped with a 7.5 MHz intravaginal sectorial probe. Oocytes recovered were matured, fertilized and cultured in vitro, and embryos produced transferred to recipients heifers. On July, 2000, the first calf produced by these techniques in Minas Gerais State, Brazil, was born.

Keywords: Cattle, in vitro fertilization, follicular puncture

 

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

FEICHTINGER, W., KEMETER, P. Transvaginal sector scan sonography for needle guided transvaginal follicle aspiration and other applications in gynecologic routine and research. Fertil. Ster., v.45, p.722-725, 1986.        [ Links ]

GIBBONS, J.R., BEAL, W.E., KRISHER, R.L. et al. Effect of once versus twice-weekly transvaginal follicular aspiration on bovine oocyte recovery and embryo development. Theriogenology, v.42, p.405-419, 1994.         [ Links ]

HAHN, J. Attempts to explain and reduce variability of superovulation. Theriogenology, v.38, p.269-275, 1992.        [ Links ]

HASLER, J.F., HENDERSON, W.B., HURTGEN, P.J. et al. Production, freezing and transfer of bovine IVF embryos and subsequent calving results. Theriogenology, v.43, p.141-152, 1995.        [ Links ]

HOLM, P., CALLESEN, H. In vivo versus in vitro produced bovine ova: similarities and differences relevant for practical application. Reprod. Nutr. Develop., v.38, p.579-594, 1998.        [ Links ]

PIETERSE, M.C., VOS, P.L.A.M., KRUIP, T.A.M. et al. Transvaginal ultrasound guided follicular aspiration of bovine oocytes. Theriogenology, v.35, p.19-24, 1991.        [ Links ]

ROBERTS, S.J. Veterinary obstetrics and genital diseases (Theriogenology). 3.ed. Ann Arbor: Edwards Brothers, 1986. 981p.        [ Links ]

SCHERNTHANER, W., WENIGERKIND, H., STOJKOVIC, M. et al. Pregnancy rate after ultrasound-guided follicle aspiration in nonlactating cows from different breeds. J. Vet. Med. Assoc., v.46, p.33-37, 1999.        [ Links ]

STUBBINGS, R.B., WALTON, J.S. Effect of ultrasonically-guided follicle aspiration on estrous cycle and follicular dinamics in Holstein cows. Theriogenology, v.43, p.705-712, 1995.        [ Links ]

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License