SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.58 issue4Formation of Agricultural Technicians in Brazil and Spain: Rural youth life projects author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Economia e Sociologia Rural

Print version ISSN 0103-2003On-line version ISSN 1806-9479

Rev. Econ. Sociol. Rural vol.58 no.4 Brasília  2020  Epub Sep 21, 2020

https://doi.org/10.1590/1806-9479.2020.ed5804 

EDITORIAL

Acesso público, autonomia financeira, agilidade editorial, novas indexações e homenagem aos pareceristas da RESR em 2019/2020

Public access, financial autonomy, agility in the editorial flow, new indexing bases and a tribute to the reviewers of the RESR in 2019/2020

Miguel Angelo Perondi1 
http://orcid.org/0000-0003-4382-4571

1Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Curitiba (PR), Brasil. E-mail: perondi@utfpr.edu.br


As responsabilidades do editor-chefe englobam a implementação da política editorial, a supervisão do processo editorial e as relações do periódico com os autores, pareceristas, leitores, indexadores, agências de apoio a pesquisa, a comunidade científica e o público geral. Em particular, a transparência e o controle de qualidade são aspectos essenciais do processo editorial sob a responsabilidade do editor-chefe. (Scientific Electronic Library Online, 2018, p. 02).

A Revista de Economia e Sociologia Rural (RESR) tem passado por profundas modificações, mas os desafios enfrentados em 2019 e 2020 são, no mínimo, inusitados. Ainda bem que se pode contar com uma preciosa equipe de trabalho, um “conselho editorial” prestativo, os carregadores de piano do “comitê científico” e o voluntariado dos pareceristas ad hoc que aperfeiçoaram os 90 artigos publicados nestes últimos dois anos, quase o dobro do mínimo requerido pela Plataforma SciELO Brasil (Scientific Electronic Library Online, 2017).

E para coroar o trabalho destes últimos dois anos, pretende-se aqui fazer uma análise dos bastidores da RESR aos seus colaboradores, procurando-se apresentar as questões-chave por trás das recentes conquistas. Para tanto, é importante se reportar às metas da RESR que foram pactuadas no 57º Congresso da SOBER, em Ilhéus/BA, no ano 2019: (1) viabilizar o acesso on-line a 43 anos de acervo histórico da RESR em formato PDF editável (desde o volume 16 de 1978); (2) estabelecer a autonomia financeira; (3) agilizar o fluxo editorial; (4) melhorar a qualidade do fluxo editorial; e (5) incluir a revista em mais outra base de indexação. Assim, o texto, a seguir, analisa os avanços obtidos em cada uma dessas metas e, por fim, presta uma homenagem aos pareceristas da RESR que tornaram possível publicar os artigos dos anos de 2019 e 2020.

1. Como a RESR obteve página própria e resgatou o seu acervo

Em agosto de 2017, a RESR tinha um foco editorial voltado para a impressão gráfica e dispunha do acesso on-line exclusivamente por meio do portal SciELO, e este só abrangia os artigos publicados a partir de julho de 2002. Portanto, a RESR não tinha acesso on-line ao seu acervo em sua própria página. Ao mesmo tempo, a versão impressa não era disponibilizada aos sócios da Sociedade de Economia e Sociologia Rural (SOBER) nem aos colaboradores da RESR, mas somente aos seus poucos assinantes. Mesmo assim, a versão impressa era a maior identidade da RESR e era mantida pelo financiamento da SOBER e edital público do CNPq.

Entretanto, a SOBER e o CNPq tiveram seus orçamentos reduzidos e, em 2020, acabaram por não mais financiar a RESR. Percebendo a gravidade crescente da escassez de recursos, o conselho editorial da RESR – na reunião do 56º Congresso da SOBER, em Campinas/SP, em 2018 – autorizou o encerramento da versão impressa. Assim, o último número impresso foi v. 57, n. 1 da RESR, publicado em março de 2019. A partir de 2018, o desafio da RESR foi o de oportunizar o acesso público a todo o seu acervo em sua página, mesmo mantendo o acesso por meio do Portal SciELO.

Para tanto, contratou-se a plataforma PERIODIKOS, que possibilitou o acesso ao acervo da RESR em sua própria página. Inicialmente, cadastraram-se os 710 artigos (publicados entre 2002 e 2020) que estavam disponíveis na SciELO, tomando-se o cuidado de redirecionar o acesso ao PDF ao link oficial do DOI (Digital Object Identifier) para preservar a contagem de downloads dos artigos. Posteriormente, outros 755 artigos (publicados entre 1978 e 2002) foram digitalizados em formato pesquisável e incluídos no mesmo acervo da nova página da RESR (Revista de Economia e Sociologia Rural, 2020), a qual, portanto, disponibiliza 1.465 artigos, em formato PDF pesquisável e que foram publicados desde 1978.

2. Os bastidores da autonomia financeira da RESR

É importante salientar que a independência financeira da RESR em relação à SOBER não é decorrente somente da atual pandemia do Covid-19 que se abateu sobre o mundo em 2020 ou fruto da atual inoperância do Estado brasileiro, mas já vinha sendo gestada desde a Assembleia Geral do 54º Congresso da SOBER, em Maceió/AL, em 2016.

A primeira ação efetiva da busca da autonomia financeira foi aprovada na Assembleia Geral do 57º Congresso da SOBER, em Ilhéus/BA, em 2019, quando se definiu que todo artigo aprovado a partir de 1º de agosto de 2019 deveria contribuir com uma taxa de publicação no valor de R$ 600,00. Nesse mesmo ano, também se estabeleceu um novo contrato com a Editora CUBO para terceirizar a etapa de publicação. Desta forma, publicaram-se o v. 57, n. 3 e o v. 57, n. 4 de 2019 e o v. 58, n. 1 de 2020, o que se estenderia ainda nos dois números seguintes. Entretanto, a escassez de financiamento externo obrigou a SOBER e a RESR a publicar uma carta conjunta estabelecendo que, a partir de 13 de abril de 2020, toda e qualquer publicação deveria colaborar com uma taxa de tramitação (no valor de R$ 100,00) na submissão de um artigo para avaliação da Revista e, caso aprovado, colaborar com uma taxa de publicação.

Uma das mudanças decorrentes do processo de financiamento da publicação pelo próprio autor (não dependendo mais de subsídios para a publicação das edições) foi a instituição da publicação por fluxo contínuo a partir do v. 58, n. 1 de 2020. Neste caso, a periodicidade da RESR continuou sendo trimestral, no entanto, à medida que cada artigo passou a ser aprovado e editado, seguiu para ser publicado individualmente.

Para tanto, a partir de 2020, estabeleceu-se a paginação eletrônica (e-location), que permitiu desvincular a paginação de determinado artigo em relação aos demais do mesmo número. Para tanto, inseriu-se uma nota, na página inicial de todo artigo em fluxo contínuo, exemplificando como citar o artigo com base no modelo de referência bibliográfica APA (American Psychological Association).

Outra consequência imediata da cobrança pela taxa de tramitação, ou seja, a cobrança pela submissão, foi a redução de submissões de trabalhos ainda imaturos e frutos de disciplinas acadêmicas, o que melhorou muito a qualidade do fluxo editorial e a taxa de reprovação de submissões em decisão desk review pelo editor-chefe ou editor de área.

3. Um olhar sobre os gargalos do fluxo editorial da RESR

Para agilizar o fluxo editorial, uma ação implementada foi o de atualizar o sistema OJS para a versão 3.0 em junho de 2019, o que oportunizou uma visualização e gestão eletrônica da tramitação em uma versão muito mais “amigável”. Ainda nesse ano, em busca de melhorar ainda mais a gestão editorial, iniciou-se a migração para o sistema operacional ScholarOne, para aprimorar os sistemas de controle e continuar reduzindo o tempo de tramitação das submissões.

Outra inciativa para reduzir o tempo da tramitação foi, ao final de uma pré-avaliação positiva, o editor de área indicar mais do que três pareceristas vinculados ao tema, o que eleva a possibilidade de se encerrar a avaliação logo na primeira rodada.

Outra medida de controle foi estabelecer um teto máximo de tempo para cada etapa do fluxo editorial, que se encontra atualmente subdividido entre: (1) submissão (checagem normativa), (2) pré-avaliação (avaliação desk review), (3) tramitação (avaliação blind review) e (4) publicação (serviço terceirizado). Para tanto, espera-se não demorar mais do que 18 meses para publicar, seguindo as recomendações da SciELO (Scientific Electronic Library Online, 2017).

4. Melhoria da qualidade editorial da RESR

Desde janeiro de 2020, todos os atuais 20 componentes do comitê científico da RESR passaram a receber o status de editor de área e a assumir paulatinamente uma maior autonomia na administração do processo editorial da submissão sob seu encargo, tendo acesso a todos os dados. Com isso, obtêm-se agilidade e corresponsabilidade.

É importante registrar também que existe a experiência-piloto, desde janeiro de 2019, de se instituir a figura de um editor-adjunto das áreas de economia, administração e sociologia e desenvolvimento rural, o que torna mais rigorosa a avaliação desk review das submissões. Neste caso, ocorre uma divisão de trabalho entre o editor-chefe e os adjuntos, pois, enquanto o primeiro avalia a relevância temática, os adjuntos avaliam a relevância técnica da submissão. Essa dupla checagem de escopo reduz a demanda de pareceres ad hoc, priorizando-os para as submissões de elevada qualidade acadêmica e que corroboram o escopo da RESR.

Por fim, é importante salientar que a RESR propõe aos autores latinos que submetam o artigo de acordo com a sua língua nativa e traduzam depois de receber a carta de aceite, pois se prefere tramitar em português e traduzir a versão final para o inglês de forma profissional.

5. A inclusão da RESR em novas bases de indexação

A respeito de incluir a RESR em novas bases de indexação, considera-se uma meta que pode resultar em efetiva melhoria da indexação. Para tanto, já ocorreram as seguintes mudanças:

    a. No ano de 2019, indexou-se a RESR no DOAJ (Directory of Open Access Journal), cujo link se encontra na página principal da Revista.

    b. No primeiro trimestre de 2020, também se conseguiu indexar a RESR na base Researching Brazil, cujo link se encontra na página principal da Revista.

    c. Visando à indexação com LATINDEX e WEB OF SCIENCE, alguns componentes do comitê científico realizaram cursos promovidos pela ABEC (Associação Brasileira de Editores Científicos, 2020) em julho de 2020.

    d. É importante registrar que a participação em outras bases de indexação é estratégica para melhorar as avaliações por citação da RESR.

6. Uma homenagem ao “parecerista desconhecido”

A Revista de Economia e Sociologia Rural apresenta aqui sua homenagem aos 196 pareceristas que fizeram avaliação às cegas dos 90 artigos científicos publicados pela RESR entre 2019 e 2020. No Quadro 1, estão relacionados os nomes dos pareceristas em ordem alfabética e por país ou região. Assim, observa-se que: 6% são de residentes no exterior; 42%, da região Sudeste; 31%, do Sul; 11%, do Nordeste; 9%, do Centro-Oeste; e 1%, do Norte.

Quadro 1 – Pareceristas que contribuíram com a RESR entre 2019 e 2020. 

N. PARECERISTA INSTITUIÇÃO PAÍS OU REGIÃO
1 Herman Palau UBA Argentina
2 Santiago Conti CNICT Argentina
3 Maya Takagi FAO Chile
4 Yormy Eliana Melo Poveda UPB Colômbia
5 Isabel Dieguez Castrillon UVIGO Espanha
6 Maria do Mar Pérez-Fra USC Espanha
7 Fabio Mattos UNL EUA
8 Peri Agostinho da Silva Junior K-STATE EUA
9 Eric Pierre Sabourin Cirad França
10 Gabriela Litre CIRAD França
11 Rui Manoel de Souza Fragoso Uevora Portugal
PARECERISTA SEDIADOS NO EXTERIOR 11 6%
12 Alcido Elenor Wander Embrapa Centro-Oeste
13 Erlaine Binotto UFGD Centro-Oeste
14 Gesmar Rosa Santos IPEA Centro-Oeste
15 José Eustáquio Ribeiro Vieira Filho IPEA Centro-Oeste
16 Jose Garcia Gasques MAPA Centro-Oeste
17 José Humberto Valadares Xavier Embrapa Centro-Oeste
18 Jose Roberto Rambo UEMT Centro-Oeste
19 Leila Giandoni Ollaik MPDG Centro-Oeste
20 Lindomar Pegorini Daniel UNEMAT Centro-Oeste
21 Olivier François Vilpoux UFMT Centro-Oeste
22 Otávio Valentim Balsadi Embrapa Centro-Oeste
23 Regina Helena Rosa Sambuichi IPEA Centro-Oeste
24 Richard Medeiros Araújo CONAB Centro-Oeste
25 Rogerio Freitas IPEA Centro-Oeste
26 Silvia Morales de Queiroz Caleman UFMS Centro-Oeste
27 Sílvio Isoppo Porto CONAB Centro-Oeste
28 Simone Maciel Cuiabano UNB Centro-Oeste
29 Thelma Lucchese Cheung UFMS Centro-Oeste
PARECERISTAS DA REGIÃO CENTRO-OESTE: 18 9%
30 Alexandre Rodrigues Loures UFPB Nordeste
31 Amílcar Baiardi UFBA Nordeste
32 Cimone Rozendo de Souza UFRN Nordeste
33 Daniel Medeiros de Noronha Albuquerque UFPI Nordeste
34 Eder Lucinda Pereira CGU/UFT Nordeste
35 Eliane Pinheiro de Souza URCA Nordeste
36 Emanoel Márcio Nunes UERN Nordeste
37 Emerson Luís Lemos Marinho UFC Nordeste
38 Francisco José Silva Tabosa UFC Nordeste
39 Gisléia Benini Duarte UFRPE Nordeste
40 Jair Andrade Araujo UFC Nordeste
41 Janaina Ottonelli UFBA Nordeste
42 Jean dos Santos Nascimento UFCG Nordeste
43 Joacir Rufino de Aquino UERN Nordeste
44 João Ricardo Ferreira de Lima Embrapa Nordeste
45 Jorge Luiz Mariano Silva UFPB Nordeste
46 Kilmer Coelho Campos UFC Nordeste
47 Naisy Silva Soares UESC Nordeste
48 Rodrigo Maciel Calvet IFMA Nordeste
49 Tácito Augusto Farias UFS Nordeste
50 Tales Wanderley Vital UFRPE Nordeste
51 William José Sabbag UFRPE Nordeste
PARECERISTAS DA REGIÃO NORDESTE: 22 11%
52 Alfredo Kingo Oyama Homma Embrapa Norte
53 Ima Célia Guimarães Vieira Museu Goeldi Norte
PARECERISTAS DA REGIÃO NORTE: 2 1%
54 Ademir de Lucas USP Sudeste
55 Adriana Estela Sanjuan Montebello UFSCAR Sudeste
56 Alan Figueiredo Arêdes UFF Sudeste
57 Alexandre Bruno Pegorare IBGE Sudeste
58 Alexandre Nunes Almeida USP Sudeste
59 Aline Cristina da Cruz UFSJ Sudeste
60 Ana Louise Carvalho Fiúza UFV Sudeste
61 Antonio Carlos Lima Nogueira FATEC Sudeste
62 Antonio Carlos Santos UFLA Sudeste
63 Antonio Cesar Ortega UFU Sudeste
64 Antônio Lázaro SantAna UNESP Sudeste
65 Antônio Marcio Buainain UNICAMP Sudeste
66 Arilson da Silva Favareto UFABC Sudeste
67 Basilia Maria Baptista Aguirre USP Sudeste
68 Bruna Branchi PUC Campinas Sudeste
69 Bruno Benzaquen Perosa UFU Sudeste
70 Bruno Pissinato UNIMEP Sudeste
71 Candido Luiz de Lima Fernandes IPEAD Sudeste
72 Carlos Eduardo de Freitas Vian USP Sudeste
73 Carlos Enrique Guanzirolli UFF Sudeste
74 Christiano Franca da Cunha UNICAMP Sudeste
75 Clauber Eduardo Marchezan Scherer UFMG Sudeste
76 Claudia Regina Rosal Carvalho UFG Sudeste
77 Cristiane Feltre PUC Campinas Sudeste
78 Daniel Henrique Dario Capitani UNICAMP Sudeste
79 Daniela Carla Decaro Schettini USP Sudeste
80 Delma Pessanha Neves UFF Sudeste
81 Eduardo Delgado Assad Embrapa Sudeste
82 Eduardo B. Monteiro de Castro Finamore UFV Sudeste
83 Elli Fátima Napoleão de Lima UFRural Sudeste
84 Érico Soriano UFU Sudeste
85 Erly Teixeira UFV Sudeste
86 Etiénne Groot UNESP Sudeste
87 Evandro Camargo Teixeira UFV Sudeste
88 Evandro Roberto Tagliaferro UNIVBRASIL Sudeste
89 Fabiano Escher UFRRJ Sudeste
90 Fernando Burgos Pimentel dos Santos FGV Sudeste
91 Francisco Constantino Crocomo FATEP Sudeste
92 Heliene Macedo de Araújo UFSCAR Sudeste
93 Heloisa Lee Burnquisit USP Sudeste
94 Humberto Francisco Silva Spolador USP Sudeste
95 Isabela Nogueira UFRJ Sudeste
96 Janice Rodrigues Placeres Borges UFSCAR Sudeste
97 Jeronimo Alves dos Santos UFSCAR Sudeste
98 José Alan Barbosa da Silva Qualificar RH Sudeste
99 José Vicente Caixeta Filho USP Sudeste
100 Juliana de Paula Filleti FACAMP Sudeste
101 Juliano Costa Gonçalves UFSCAR Sudeste
102 Júnia Cristina Péres Rodrigues da Conceição USP Sudeste
103 Lechan Colares-Santos UNOESTE Sudeste
104 Leonardo Chaves Borges Cardoso UFV Sudeste
105 Leonilde Servolo de Medeiros UFRRJ Sudeste
106 Lucas Siqueira de Castro UFRural Sudeste
107 Luciana Florencio Almeida ESPM Sudeste
108 Lucilio Rogerio Aparecido Alves USP Sudeste
109 Lucimar Santiago de Abreu UFSCAR Sudeste
110 Luiz Carlos Faria UFSCAR Sudeste
111 Marcela Mello Brandão Vinholis Embrapa Sudeste
112 Marcelo José Carrer UFSCAR Sudeste
113 Maria José Teixeira Carneiro UFRJ Sudeste
114 Maria Micheliana Costa Silva UFV Sudeste
115 Maria Sylvia Macchione Saes USP Sudeste
116 Marta Cristina Marjotta-Maistro UFSCAR Sudeste
117 Mateus de Carvalho Reis Neves UFV Sudeste
118 Nathalia Sbarai UFVJ Sudeste
119 Omar Jorge Sabbag UNESP Sudeste
120 Oscar Sarcinelli UNICAMP Sudeste
121 Paulo Eduardo Moruzzi Marques USP Sudeste
122 Raquel Castellucci Caruso Sachs APTA Sudeste
123 Regina Aparecida Leite de Camargo UNESP Sudeste
124 Rodrigo Lanna Franco da Silveira UNICAMP Sudeste
125 Rodrigo Peixoto da Silva PECEGE Sudeste
126 Rosa Livia Gonçalves Montenegro UFJF Sudeste
127 Rosangela Aparecida de Medeiros Hespanhol UNESP Sudeste
128 Samuel Alex Coelho Campos UFF Sudeste
129 Sebastião Neto Ribeiro Guedes UNESP Sudeste
130 Shigeo Shiki UFU Sudeste
131 Silvio Y. M. Miyazaki USP Sudeste
132 Valter Lúcio Oliveira UFF Sudeste
133 Vanilde Ferreira Souza-Esquerdo UNICAMP Sudeste
134 Vera Lucia Silveira Botta Ferrante UNESP Sudeste
135 Weslem Rodrigues Faria UFJF Sudeste
PARECERISTAS DA REGIÃO SUDESTE: 81 42%
136 Alexandre Florindo Alves UEM Sul
137 Alexandre Giesel UFFS Sul
138 Alisson Vicente Zarnott UFSM Sul
139 Alysson Luiz Stege UEPG Sul
140 Amanda M. de Souza Schuntzemberger UFPR Sul
141 Ana Paula Myszczuk UTFPR Sul
142 André Kuhn Raupp (2x) IFC Sul
143 Anelise Graciele Rambo UFRGS Sul
144 Angélica Massuquetti UNISINOS Sul
145 Arlene Anelia Renk UNOCHAPECÓ Sul
146 Augusto Mussi Alvim PUC RS Sul
147 Bruno Anicet Bittencourt UFRGS Sul
148 Carlos Alberto Gonçalves Jr UNIOESTE Sul
149 Catia Grisa UFRGS Sul
150 Chaiane Leal Agne UERGS Sul
151 Cidonea Machado Deponti UNISC Sul
152 Claudia Bueno Rocha Vidigal UEM Sul
153 Cláudio Becker UFPel Sul
154 Dimas de Oliveira Estevam IAPAR Sul
155 Edison Luiz Leismann UNIOESTE Sul
156 Ely José de Mattos PUC RS Sul
157 Flávia Charão Marques UFRGS Sul
158 Flávio Sacco dos Anjos UFPel Sul
159 Gabrielito Rauter Menezes UFPel Sul
160 Gilson Ditzel Santos UTFPR Sul
161 Giovanna Pezarico UTFPR Sul
162 Gustavo Inácio de Moraes PUC Sul
163 Hieda Maria Pagliosa Corona UTFPR Sul
164 José Donizetti de Lima UTFPR Sul
165 José Marcos Froehlich UFSM Sul
166 Josiane Carine Wedig UTFPR Sul
167 Julyerme Matheus Tonin UEM Sul
168 Junior Ruiz Garcia UFPR Sul
169 Leonel Piovezana UNOCHAPECO Sul
170 Luiz Ricardo Nakamura UFSC Sul
171 Marcelo Antonio Conterato UFRGS Sul
172 Marcelo Miele Embrapa Sul
173 Marcia Dutra de Barcellos UFRGS Sul
174 Marcio Gazolla UTFPR Sul
175 Marco Antônio Verardi Fialho UFSM Sul
176 Marcos Minoru Hasegawa UFPR Sul
177 Maycon Noremberg Schubert UFRGS Sul
178 Miguel Angelo Perondi UTFPR Sul
179 Mirian Beatriz Schneider Braun UNIOESTE Sul
180 Myriam Aldana Vargas Santin FURB Sul
181 Norma Kiyota IAPAR Sul
182 Oscar José Rover UFSC Sul
183 Paulo Alexandre Nunes UFFS Sul
184 Paulo André Niederle UFRGS Sul
185 Paulo Dabdab Waquil UFRGS Sul
186 Pedro Selvino Neumann UFSM Sul
187 Rafael Gastal Porto Embrapa Sul
188 Rene Eugenio Seifert Junior UTFPR Sul
189 Rosane Marisa Spanevello UFSM Sul
190 Rozane Marcia Triches UFFS Sul
191 Sergio Schneider UFRGS Sul
192 Sidemar Presotto Nunes UTFPR Sul
193 Tatiana Walter FURG Sul
194 Tatiele Lacerda da Silva TJRS Sul
195 Valdemar João Wesz Junior UNILA Sul
196 Veruschka Rocha Medeiros Andreolla FURB Sul
PARECERISTAS DA REGIÃO SUL: 60 31%
TOTAL DE PARECERISTAS: 196 100%

Fonte: relatórios do OJS/SciELO de 2019 e 2020.

Assim, caro leitor, aproveite este espaço plural de debate interdisciplinar qualificado do mundo rural, ao mesmo tempo que se quer continuar contando com a crítica construtiva de seus leitores, autores e membros do conselho editorial e comitê científico, visando, a cada edição, aperfeiçoar o processo editorial.

Nota de agradecimento:

O editor agradece a leitura atenciosa e sugestões de melhoria deste texto aos colegas Paulo Eduardo Moruzzi Marques, Erlaine Binotto, Daniel Coronel, Joaquim Bento de Souza Ferreira Filho e Norma Kiyota.

Como citar: Perondi, M. A. (2020). Acesso público, autonomia financeira, agilidade editorial, novas indexações e homenagem aos pareceristas da RESR em 2019/2020. Revista de Economia e Sociologia Rural, 58(4), eED5804. https://doi.org/10.1590/1806-9479.2020.ED5804

Referências Bibliográficas

Associação Brasileira de Editores Científicos – ABEC BRASIL. (2020). Recuperado em 13 de julho de 2020, de https://www.abecbrasil.org.brLinks ]

Revista de Economia e Sociologia Rural – RESR. (2020). Recuperado em 13 de julho de 2020, de https://www.revistasober.org/Links ]

Scientific Electronic Library Online – ScIELO. (2017). Critérios, política e procedimentos para a admissão e a permanência de periódicos na Coleção SciELO Brasil. Recuperado em 13 de julho de 2020, de http://www.scielo.br/avaliacao/Criterios_SciELO_Brasil_versao_revisada_atualizada_outubro_20171206.pdfLinks ]

Scientific Electronic Library Online – ScIELO. (2018). Guia de boas práticas para o fortalecimento da ética na publicação científica. Recuperado em 13 de julho de 2020, de https://wp.scielo.org/wp-content/uploads/Guia-de-Boas-Praticas-para-o-Fortalecimento-da-Etica-na-Publicacao-Cientifica.pdfLinks ]

Creative Commons License Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições desde que o trabalho original seja corretamente citado.