SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 número2Perspectivas em (in)formação: tendências e tensões entre abordagens físicas, cognitivistas e emergentes índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Transinformação

versão impressa ISSN 0103-3786

Transinformação vol.19 no.2 Campinas maio/ago. 2007

https://doi.org/10.1590/S0103-37862007000200001 

ARTIGO/ARTIGO

 

O óbvio da informação científica: acesso e uso1

 

The obvious on scientific information: access and use

 

 

Maria das Graças Targino

Jornalista e Professora Doutora em Ciência da Informação. Professora, Departamento de Comunicação Social, Universidade Federal do Piauí. SG 4, Campus Ininga, 64050-900, PI, Brasil. E-mail: <gracatargino@hotmail.com>

 

 


RESUMO

O texto aborda o acesso e o uso da informação científica, a partir da sua concepção e função para o avanço científico e tecnológico dos países. Na sociedade contemporânea, as redes eletrônicas de comunicação (ênfase para a Internet) agilizam o fluxo informacional, ao tempo que exigem mais rigor para a seleção da informação científica consistente. Entre alternativas de acesso à informação, além dos periódicos científicos (impressos ou eletrônicos), está o movimento de acesso livre à informação científica, que recorre a repositórios de acesso livre e/ou a softwares de código aberto. Há outras opções: (1) o Creative Commons, projeto sem fins lucrativos, que disponibiliza licenças flexíveis para obras intelectuais, incluindo textos científicos e o (2) Open Source Journalism (OSJ), que incentiva a participação efetiva da comunidade na produção de notícias. Em qualquer caso, reitera-se que inexistem soluções únicas para sociedades múltiplas. Isto é, cada inovação tecnológica tem o seu próprio espaço e o seu próprio público (sem riscos de o mundo tornar-se uma aldeia global), de modo que o acesso e o uso à informação científica ocorrem, também, de forma multifacetada.

Palavras-chave: informação científica; Internet; acesso livre; Creative Commons; Open Source Journalism.


ABSTRACT

This work approaches the access and use of scientific information, based on its conception and role aimed at the scientific and technological advances of the countries. In contemporary society, communication electronic nets (with emphasis on the Internet) speed up the informational flow, but, at the same time, require greater rigor in order to select consistent scientific information. Among the information access alternatives, besides scientific journals (printed or electronic), there is the free information access movement, which resorts to free access databases and/or free code software. There are other options, such as (1) the Creative Commons, a non-profit project, that makes flexible licenses available to intellectual productions, including scientific texts; and (2) the open source journalism (OSJ), which encourages an effective community participation in the news production. In any case, there are no single solutions for multiple societies - which means to say that every technological innovation has its own space and its own public, in such a way that the access and use of scientific information occur, also, in many differently faceted forms (and therefore, the world moves on without risks of becoming a global village)

Keywords: Scientific information; Internet; free access; Creative Commons; Open Source Journalism.


 

 

Texto completo disponivel apenas em PDF.

Full text avaliable only in PDF.

 

 

REFERÊNCIAS

BARRETO, A. Mudança estrutural no fluxo do conhecimento: a comunicação eletrônica. Ciência da Informação, v.27, n.2, 1998. Disponível em: <http://www.ibict.br/cienciada informacao>.  Acesso em: 25 abr. 2005.         [ Links ]

BRASIL. Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). 2006a. Estatísticas e indicadores. Disponível em: <http://www.mct. gov.br>. Acesso em: 22 set. 2006.         [ Links ]

BRASIL. Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). 2006b. Webmasters dos indicadores de ciência e tecnologia. [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por <gracatargino@hotmail. com>. em 22 set. 2006.         [ Links ]

CASTRO, C.M. Há produção científica no Brasil? In: SCHWARTZMAN, S., CASTRO, C.M. (Org.). Pesquisa universitária em questão. Campinas: UNICAMP, 1986. p.190-224.         [ Links ]

CENTRO DE MÍDIA INDEPENDENTE BRASIL (CMI Brasil). [CMI]. Disponível em: <http:// www.midiaindependente.org>. Acesso em: 22 out. 2006.         [ Links ]

CREATIVE COMMONS. Disponível em: <http://www.creative commons.org.br>. Acesso em: 20 out. 2006.         [ Links ]

DIAS, G.A.;  GARCIA, J.C.R. Periódicos científicos impressos e eletrônicos: financiamento, recursos tecnológicos e custos. São Paulo, 2006. 19f. (Digitado).         [ Links ]

INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (IBICT). Ibict lança manifesto pelo acesso livre à informação científica. 14 set. 2005. Disponível em: <http: //www.ibict.br/openaccess>. Acesso em: 19 out. 2006.         [ Links ]

INTERNET NO BRASIL. ComCiência, 10 mar. 2001. Disponível em: <http://www.rnp.br/ noticias/imprensa>. Acesso em: 19 out. 2006.         [ Links ]

LEAL,  A.R.B.R. Open source journalism e cidadania: Centro de Mídia Independente Brasil. In: LEAL, A.R.B.R. Jornalismo, cultura e poder. Teresina, Edufpi, 2007.         [ Links ]

MÁRDERO ARELLANO, M.Á.; FERREIRA, S.M.S.P.; CAREGNATO, S.E. Editoração eletrônica de revistas científicas com suporte do Protocolo OAI. In: TARGINO. M.G. (Org.). Preparação de revistas científicas: teoria e prática. São Paulo: Reichmann & Autores Ed., 2005.         [ Links ]

MASON, R. O. What is an information professional? Journal of Education for Library and Information Science, Arlington, v.31, n.2, p.122-138, 1990.         [ Links ]

PUBLIC LIBRARY OF SCIENCE (PLoS). About PLoS. [2003?].   Disponível em: <http://www.plos.org>. Acesso em: 29 set. 2006.         [ Links ]

RAMONET, I. A tirania da comunicação. Petrópolis: Vozes, 1999.         [ Links ]

TARGINO, M.G. Olhares e fragmentos: cotidiano da bibliote-conomia e ciência da informação. Teresina: UFPI, 2006. 266p.         [ Links ]

THE UNITED KINGDOM PARLIAMENT. Science and technology tenth report. London: House of Commons, 2004. Disponível em: <http://www.publications.parliament.uk.htm>. Acesso em: 22 set. 2006.         [ Links ]

 

 

Recebido em 31/10/2006
Aceito em 26/4/2007

 

 

1Fundamentado em palestra proferida durante o XIV Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias, out. 2006, Salvador, BA, Brasil

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons