SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número2Um modelo estocástico para a manutenção de um equipamento baseado na inspeção das peças produzidas índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Gestão & Produção

versão impressa ISSN 0104-530Xversão On-line ISSN 1806-9649

Gest. Prod. v.8 n.2 São Carlos ago. 2001

http://dx.doi.org/10.1590/S0104-530X2001000200001 

CARTA DO EDITOR

 

 

Após ter deixado a função de editor da Gestão & Produção há cinco anos e meio, em julho deste ano voltei a reassumi-la. Hoje o projeto está consolidado e o periódico é reconhecido (inclusive considerado indexado pela CAPES). Parte relevante desse êxito deve-se à composição do Conselho Editorial (CE). Vale destacar o papel decisivo dos professores doutores Pedro Luiz Costa Neto e Rosalvo Thiago Ruffino na elaboração da política editorial em 1993 e na obtenção de recursos para a implantação do projeto nos anos 1994 e 1995. Graças à enorme e riquíssima experiência no meio acadêmico do Pedro Luiz (então presidente da Fundação Vanzolini da Escola Politécnica da USP, um importante e pioneiro patrocinador de G&P, e presidente da ABEPRO) e do Rosalvo, então Diretor da Escola de Engenharia de São Carlos da USP, pudemos elaborar uma política editorial talvez perfeita, já que para conduzir o projeto de forma bem-sucedida não houve necessidade de efetuar mudanças de percurso. Ao Pedro e ao Rosalvo, em nome da comunidade científica da Engenharia de Produção no Brasil, deixo o mais veemente MUITO OBRIGADO. Também devemos agradecer ao Prof. Dr. José Carlos de Toledo (segundo editor de G&P, biênio 1996-1997) e ao Prof. Dr. Reinaldo Morabito (terceiro editor: 1998 a junho de 2001) pela enorme dedicação, seriedade e competência.

Porém, chega um momento em que algumas pequenas modificações ou renovações incrementais são necessárias; isso é compatível com o ciclo da própria vida e é dessa forma que podemos injetar sangue novo e atingir patamares ainda mais altos. A primeira decisão, que considero estratégica para a continuidade do projeto e que tenho absoluta certeza não me causará arrependimentos, foi convidar o Prof. Dr. Roberto Antônio Martins para ocupar o posto de co-editor pela UFSCar. Pelo projeto editorial, o CE é composto por um editor (pertencente à UFSCar) e três co-editores: um da UFSCar, um da EP-USP e outro da EESC-USP. Isso será mantido, porém, a modificação do CE será consolidada na próxima edição. Na primeira reunião do novo CE, colocarei em pauta as seguintes proposições:

• Mudança dos critérios para formação do Conselho Consultivo.

• Definir políticas e ações para incrementar o número de assinaturas.

• Mudar a home page de G&P (http://www.dep.ufscar.br/revista/) de modo que os leitores possam

efetuar download dos artigos de anos anteriores em arquivos em formato pdf.

• Inserir G&P no banco de dados de periódicos científicos Scielo da FAPESP, o principal financiador de G&P. A G&P preenche todas as condições para integrar o Scielo. Por falar em FAPESP, aproveitamos também para agradecê-Ia pelo imprescindível apoio à G&P desde 1995.

• Discutir a possibilidade de aumentar de 3 para 4 edições anuais, ou manter as 3 edições atuais, porém, os artigos aceitos seriam traduzidos para o inglês tomando G&P um periódico internacional.

• Devido a um atraso na resposta da FAPESP em apoiar G&P durante 2001 e à greve da UFSCar, pela primeira vez na história de G&P houve atraso em sua distribuição. A edição de abril foi distribuída em junho e a distribuição da edição de agosto começou no final de setembro. Assim, estaremos propondo ações no sentido de restabelecer a completa regularidade de periodicidade de G&P.

• Propor que o número de artigos por edição seja mais homogêneo (proporemos que cada edição tenha de 6 a 8 artigos). Isso apresenta, entre outros benefícios, grande redução nos custos com correio. Assim, serão necessários estabelecer critérios para definir os 8 artigos que comporão as edições especiais de dezembro.

Agradecemos ainda:

• Aos autores. É óbvio que sem autores G&P não existiria. O número de artigos submetidos tem aumentado, o que nos deixa estimulados a buscar novos patamares de excelência para a revista.

• Aos referees. Sem excelentes referees, não existem excelentes periódicos. O grande número de

artigos submetidos e a grande competência da maioria dos referees têm garantido a alta qualidade técnica-científica dos artigos publicados.

• Ao competente trabalho de vários profissionais que tomam G&P uma realidade.

 

Finalizando, abrimos um espaço para informar sobre as próximas edições especiais:

• está em fase adiantada o processamento da edição especial de dezembro de 2001 que abordará o

tema: "Organização";

• a edição especial de dezembro de 2003 versará sobre "Gestão da Tecnologia", um tema que tem despertado interesse da comunidade de Engenharia de Produção no Brasil;

• a edição especial de dezembro de 2002 versará sobre "Automação e Informatização da Manufatura"; veja Call for Papers no final desta edição (páginas 215 e 216), onde está explicitado que os artigos poderão ser submetidos até 28 de fevereiro de 2002.

Gratos pela atenção,

Flávio César Faria Fernandes
Editor

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons