SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue1Psychic Development and Conceptual Elaboration by Students with Intellectual Disability in School Education author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Brasileira de Educação Especial

Print version ISSN 1413-6538On-line version ISSN 1980-5470

Rev. bras. educ. espec. vol.23 no.1 Marília Jan./Mar. 2017

https://doi.org/10.1590/s1413-65382317000100001 

Editorial

Editorial1

Eduardo José Manzini1 

Débora Regina de Paula Nunes2 

Dirce Shizuko Fujisawa3 

Fabiana Cia4 

Márcia Denise Pletsch5 

1Unesp

2UFRN

3UEL

4UFSCar

5UFRRJ


A Revista Brasileira de Educação Especial apresenta o primeiro número de 2017 que corresponde ao volume 23. Neste número, estão publicados 10 artigos inéditos e uma resenha.

Os dois primeiros manuscritos se referem a ensaios teóricos. O primeiro aborda a questão do desenvolvimento psíquico e elaboração conceitual por alunos com deficiência intelectual e apresenta um aporte da teoria histórico-cultural e histórico-crítica. O segundo ensaio contextualiza o processo de construção do primeiro curso superior online de Pedagogia Bilíngue (Libras-Português).

A seção de relatos de pesquisa está composta por sete artigos. O primeiro relato de pesquisa tem procedência portuguesa e teve como objetivo descrever a opinião dos docentes sobre a inclusão de alunos com Necessidades Educativas Especiais e conhecer os fatores que justificam essas opiniões. A coleta de dados ocorreu após seis anos da implementação de um decreto Português que teve o objetivo de promover a igualdade de oportunidades, valorizar a educação e promover a melhoria da qualidade do ensino. Portanto, o artigo tem como pano de fundo verificar possíveis mudanças de opinião sobre o tema.

Dois dos Relatos de Pesquisas publicados têm como tema a Comunicação Alternativa. O primeiro deles apresenta a adequação e ampliação de um questionário desenvolvido para identificar temas de interesse em comunicação por meio da inclusão de itens relacionados à Comunicação Alternativa; traz, em anexo, o questionário. O outro relato refere-se à opinião de profissionais que trabalham com Comunicação Alternativa em relação à adequação do tamanho e disposição de figuras de comunicação para crianças com paralisia cerebral.

O quarto relato de pesquisa teve como objetivo compreender e analisar as concepções de Tecnologia Assistiva de professores de atendimento educacional especializado.

O quinto relato de pesquisa teve como objetivo avaliar as habilidades sociais de alunos com deficiência intelectual, antes e após um programa de Educação Física.

O último manuscrito da seção Relatos de Pesquisa objetivou identificar, com base na Bioecologia do Desenvolvimento de Bronfenbrenner, fatores de proteção e de risco nas falas de pais de crianças com paralisia cerebral considerados pouco estressados

A seção Revisão da Literatura apresenta dois manuscritos. O primeiro refere-se a uma pesquisa a partir de publicações de Helena Antipoff que visou analisar o método Ortopedia Mental como forma para exercitar as funções psíquicas para alunos de classes especiais. O segundo manuscrito refere-se ao autoconceito e autoeficácia em crianças com deficiência física utilizando a metodologia da revisão sistemática da literatura.

Finalizando esta edição, é apresentada a resenha do livro de Ignácio Calderón Almendros, intitulado Educación y esperanza en las fronteras de la discapacidad: estudio de caso único sobre la construcción creativa de la identidad, publicado em Madrid pela editora CERMI/Ediciones Cinca S.A.

Eduardo José Manzini (Unesp) Débora Regina de Paula Nunes (UFRN) Dirce Shizuko Fujisawa (UEL) Fabiana Cia (UFSCar) Márcia Denise Pletsch (UFRRJ)Editores

Creative Commons License Este é um artigo publicado em acesso aberto (Open Access) sob a licença Creative Commons Attribution, que permite uso, distribuição e reprodução em qualquer meio, sem restrições desde que o trabalho original seja corretamente citado.