SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 issue2STS Oriented didactic and pedagogic practices construction: contribuition of an Elementary School Science in-service programThe collective scientific knowledge production on the DNA structure author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Ciência & Educação (Bauru)

Print version ISSN 1516-7313On-line version ISSN 1980-850X

Ciênc. educ. (Bauru) vol.11 no.2 Bauru May/Aug. 2005

http://dx.doi.org/10.1590/S1516-73132005000200005 

As representações sociais dos professores e alunos da Escola Municipal Karla Patrícia, Recife, Pernambuco, sobre o manguezal

 

Social representations about mangrove held by the teachers and students from the Karla Patrícia Municipal School, Recife, Pernambuco

 

 

Priscila Andrade de O. BarcellosI; Severino Mendes de Azevedo JuniorII; Carlo Ralph De MusisIII; Heloisa Flora Brasil N. BastosIV

IMestranda no Ensino das Ciências. Programa de Pós-Graduação no Ensino das Ciências da Universidade Federal Rural de Pernambuco (Campus Recife, Pernambuco, Brasil). E-mail: pribarcellos@yahoo.com.br
IIProfessor doutor do Programa de Mestrado no Ensino das Ciências da Universidade Federal Rural de Pernambuco (Campus Recife, Pernambuco, Brasil). E-mail: smaj@ufrpe.br
IIIProfessor doutor da Universidade de Cuiabá, Faculdade de Administração, Economia, Contabilidade e Comunicação FAECC (Campus Cuiabá, Mato Grosso, Brasil). E-mail: demusis@uol.com.br
IVProfessora doutora do Programa de Mestrado no Ensino das Ciências da Universidade Federal Rural de Pernambuco (Campus Recife, Pernambuco, Brasil). E-mail: hfbnb@uol.com.br

 

 


RESUMO

Localizada no entorno de um manguezal chamado de Parque dos Manguezais, em Recife, Pernambuco, a Escola Municipal Karla Patrícia possui, entre outras funções, a de contribuir para a conservação do mesmo, por meio da Educação Ambiental. Porém, antes de efetivar ações em Educação Ambiental, faz-se necessária uma diagnose que permita conhecer as percepções do corpo docente e discente. Assim sendo, fundamentado na Teoria das Representações Sociais de Serge Moscovici (1961) e utilizando o software Evoc, buscou-se identificar as representações sociais sobre o ecossistema manguezal dos alunos e professores do Ensino Fundamental da Escola, com a intenção de oferecer subsídios que auxiliem na Educação Ambiental voltada para a conservação do ecossistema local. Para identificar tais representações, utilizou-se uma pesquisa qualitativa com 92% dos professores e 25% dos alunos que compõem o Ensino Fundamental da Escola. Por meio das representações sociais dos professores, percebeu-se que, apesar de conhecerem o ecossistema manguezal, eles não conhecem o Parque dos Manguezais assim como os pressupostos da Educação Ambiental, necessitando assim de informações que os auxiliem nesse sentido pois suas representações estão voltadas para uma categoria naturalista, ou seja, a visão da natureza que se deve apreciar, cuidar e respeitar, mas que desconsidera o homem como parte do contexto. Quanto aos alunos, apesar de não terem conhecimentos sistêmicos a respeito do manguezal, eles conhecem bem o Parque dos Manguezais e suas representações estão voltadas para a preocupação com a poluição.

Unitermos: representações sociais, manguezal, Educação Ambiental.


ABSTRACT

The Municipal School Karla Patricia, located in a mangrove area called Park of the Manguezais, in Recife, Pernambuco, exists, among other functions, to contribute to the conservation of the park, through the Environmental Education. However, before accomplishing any action in the Environmental Education field, it is necessary to show what are the perceptions of the school staff and students. Based on the Theory of the Social Representations of Serge Moscovici (1961) and using the EVOC software, theresearch intended to identify the School Basic Learning professors and students social representations of the mangrove ecosystem, with the intention of offering subsidies that assist in Environmental Education for the conservation of the local ecosystem. To identify such representations, qualitative research was used with 92% of professors and 25% of the students in the school. From the professors' social representations it was shown that, although they know about the mangrove ecosystem, they do not know about the Park of the Manguezais, nor the planned Environmental Education. They need more information to assist them in this direction. Their representations are naturalistic. They have, a vision of the nature to appreciate, to take care of and to respect, but one in which man is not included as part of the context. The students, although they do not have systemic knowledge regarding the mangrove, they know the Park of the Manguezais better, and their representations are concerned with pollution.

Keywords: social representations, mangrove, Environmental Education.


 

 

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

 

 

Referências

ABRIC, J. C. A organização das representações sociais: sistema central e sistema periférico. In: GUIMELLI, C. H. Structures et transformations des représentations sociales. Lausanne: Delachaux et Niestlé, 1994. Tradução de: J. C. Abric. L'organisation interne des représentations sociales: système central et système périphérique.         [ Links ]

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: meio ambiente, saúde. Brasília, DF: Ministério da Educação,1997.         [ Links ]

COELHO, C. J.; SCHAEFFER-NOVELLI Y.; TOGNELLA-DE-ROSA, M. Manguezais. São Paulo: Ática, 2002.         [ Links ]

DÍAZ, A. P. Educação ambiental como projeto. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2002.         [ Links ]

EVOC. Conjunto de programas que permitem a analise de evocações, versão 5: manual. provence, 2002. Apostila.         [ Links ]

FADURPE. Diagnóstico Zepa 2: Parque dos Manguezais. [S.l.]: [s.n.], 2003.         [ Links ]

FAVELAS ameaçam área do Parque dos Manguezais. Jornal do Commercio, Recife, 13.jun.2004. Ciência e Meio Ambiente, p. 5.         [ Links ]

JODELET, D. Representações sociais: um domínio em expansão. In: JODELET, D. (org.). As representações sociais. Rio de Janeiro: Editora da Uerj, 2002.         [ Links ]

LEMOS, R. M. Manguezal: conhecer para preservar. Ilhéus: Uesc, 2004. Disponível em: <http://www.manguezais.vilabol.uol.com.br>. Acesso em: 21.out.2004.         [ Links ]

MOSCOVICI, S. Representações sociais: investigações em psicologia social. Petrópolis: Vozes, 2003.         [ Links ]

REIGOTA, M. O que é educação ambiental. São Paulo: Brasiliense, 2001.         [ Links ]

SÁ, C. P. Núcleo central das representações sociais. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2002.         [ Links ]

SATO, M. Educação ambiental. São Carlos: Rima, 2003.         [ Links ]

SCHAEFFER-NOVELLI, Y. Manguezal: ecossistema entre a terra e o mar. São Paulo: Carebbean Ecological Research, 1995.         [ Links ]

SPINK, M. J. (Org.). O conhecimento no cotidiano: as representações sociais na perspectiva da psicologia social. São Paulo: Brasiliense, 2004.         [ Links ]

 

 

Artigo recebido em janeiro de 2005 e selecionado para publicação em setembro de 2005.

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License