SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.13 número2AVALIAÇÃO BIOMECÂNICA DOS TRABALHADORES EM MARCENARIAS NO DISTRITO FEDERALUTILIZAÇÃO DE VARIÁVEIS DUMMY EM EQUAÇÕES DE VOLUME PARA Acacia mearnsii De Wild. índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Florestal

versão impressa ISSN 0103-9954versão On-line ISSN 1980-5098

Ciênc. Florest. vol.13 no.2 Santa Maria jul./dez. 2003

https://doi.org/10.5902/198050981747 

Artigos

POSSIBILIDADE DE GANHO DE FUSTE EM ESPÉCIES EUXILÓFORAS NATIVAS DA REGIÃO CENTRAL DO RIO GRANDE DO SUL

POSSIBILITY OF STEM GAIN OF NATIVE EUXYLOPHOROUS SPECIES FROM THE CENTRAL REGION OF RIO GRANDE DO SUL

Rodrigo Borges de Mattos1 

Miguel Antão Durlo2 

Alessandro Dal’Col Lúcio3 

1. Engenheiro Florestal, M.Sc., Acadêmico do Programa de Pós-graduação em Engenharia Florestal, Centro de Ciências Rurais, Universidade Federal de Santa Maria, CEP 97105-900, Santa Maria (RS). rbm760@yahoo.com.br

2. Engenheiro Florestal, Dr., Professor Adjunto do Departamento de Ciências Florestais, Centro de Ciências Rurais, Universidade Federal de Santa Maria, CEP 97105-900, Santa Maria (RS). migueldurlo@smail.ufsm.br

3. Engenheiro Agrônomo, Dr., Professor Adjunto do Departamento de Fitotecnia, Centro de Ciências Rurais, Universidade Federal de Santa Maria, CEP 97105-900, Santa Maria (RS). adlucio@ccr.ufsm.br.


RESUMO

O presente trabalho foi desenvolvido com o intuito de observar e quantificar a possibilidade de ganho de fuste em cinco espécies euxilóforas (Angico (Parapiptadenia rigida), Canjerana (Cabralea canjerana), Cedro (Cedrela fissilis), Grápia (Apuleia leiocarpa), e Louro (Cordia trichotoma) em matas nativas, não-manejadas, de São João do Polêsine, RS. Foram levantadas 17 parcelas temporárias de 10 x 100 m nas matas nativas do município. Nas árvores das cinco espécies eleitas para este estudo, que apresentavam diâmetro à altura do peito (dap) superior a 5 cm, foram medidas a altura total, a altura comercial atual e a altura comercial potencial dos troncos. O ganho de fuste foi definido como a diferença entre a altura comercial atual e potencial, em relação à altura comercial atual e expresso em porcentagem. O percentual médio de ganho de fuste para todas as espécies em conjunto foi superior a 70%. O Louro mostrou um ganho de fuste significativamente menor que as demais espécies. Mediante a análise de regressão (stepwise), selecionou-se modelos matemáticos que melhor descrevem o ganho de fuste de cada espécie e das espécies em conjunto. Os resultados mostraram que existe um potencial para o aumento do valor das formações florestais nativas da região, ainda não-explorado por ações silviculturais.

Palavras-chave: altura comercial das árvores; desrama; formação do fuste; valor da floresta

ABSTRACT

The present work was developed to observe and quantify the possibility of stem gain in five native euxylophorous species [Angico (Parapiptadenia rigida), Canjerana (Cabralea canjerana), Cedro (Cedrela fissilis), Grápia (Apuleia leiocarpa), and Louro (Cordia trichotoma)] in non managed native forests of São João do Polêsine municipality, state of RS. There were studied 17 temporary plots of 10 x 100 m. In the trees of the five elected species for this study, that presented diameter at breast height (dbh) larger than 5 cm, the total height, the commercial height and the potential commercial height of the stems were measured. The stem gain was defined as the difference between the current and potential commercial height, in relation to current commercial height and was expressed in percentage. The average percentile of shaft gain for all the species was larger than 70%, while Louro showed a stem gain significantly smaller than the other species. By a regression analysis (stepwise procedure), mathematical models were selected to describe the stem gain of each species and all the species together. The results showed that there is a potenctial for value adding to the native forest formations of the area, not yet explored by silviculture practices.

Key words: commercial height of the trees; pruning; formation of the shaft; value of the forest

Texto completo disponível apenas em PDF.

Full text available only in PDF format.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

BRASIL. Ministério da Agricultura. Departamento Nacional de Pesquisa Agropecuária. Levantamento de reconhecimento dos solos do Estado do Rio Grande do Sul. Recife, 1973. 431 p. (Boletim Técnico; n. 30). [ Links ]

BRENA, D. A.; LONGHI, S. J. Inventário florestal da região da Quarta Colônia de imigração italiana do Rio Grande do Sul - Santa Maria, RS. Santa Maria, 1998. 213 p. [ Links ]

DURLO, M. A.; DENARDI, L. Morfometria de Cabralea canjerana, em mata secundária nativa do Rio Grande do Sul. Ciência Florestal, Santa Maria, v.8, n.1, p. 55-66, 1998. [ Links ]

KNIGGE, W.; SCHULZ, H. Grundriss der Forstbenutzung. Hamburg und Berlin: Verlag Paul Parey, 1966. 313 p. [ Links ]

KOLLMANN, F. Technologie des Holzes und der Holzwerkstoffe. Berlin: Springer-verlag, 1951, 326 p. [ Links ]

LEITE, P. F.; KLEIN, R. M. Vegetação. In: IBGE. Geografia do Brasil: Região Sul. Rio de Janeiro, 1990. v. 2., p.113-150. [ Links ]

LOSKANT G. Untersuchung zur Produkt- und Sortimentgestaltung bei schwachem Kiefern-Rohholz (Pinus sylvestris L.). Freiburg: Hochschulverlag, 1983. 143 p. [ Links ]

MAYER, H. Waldbau. Stuttgart: Gustav Fischer Verlag, 1977. 483 p. [ Links ]

MATTOS, R. B. Características qualitativas e possibilidade de ganho de fuste em espécies euxilóforas nativas da Região Central do Rio Grande do Sul. 2002. 91p. Dissertação (Mestrado em Eng. Florestal) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2002. [ Links ]

MATTOS, R. B.; DURLO, M. A. Possibilidade de ganho de fuste em Canjerana (Cabralea canjerana) em matas nativas de São João do Polêsine - RS. (Resultados parciais). In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA FLORESTAL, 1., 2001. Anais... Santa Maria: UFSM/PPGEF/DCFL/CEPEF, 2001. 1CD. [ Links ]

MITSCHERLICH, G. Wald, Wachstum und Umwelt. Eine Einführung in die ökologischen Grundlagen des Waldwachstums. Form und Wachstum von Baum und Bestand. I Auflage. Frankfurt: J.D. Sauerländer´s Verlag, 1978. 144 p. [ Links ]

MORENO, J. A. Clima do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Secretaria da Agricultura, 1961. 41 p. [ Links ]

SCHILLING, A. C. et al. Influência de diferentes intensidades de desrama sobre a porcentagem de lenho tardio e quantidade de nós da madeira de primeiro desbaste de Pinus elliottii Engelman. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 8, n. 1, p.115-127, 1998. [ Links ]

SNEDECOR, W. G.; COCHRAM, G. W. Métodos estatísticos. México: C.E.C.S.A., 1974, p. 366-369. [ Links ]

STORCK, L.; LOPES, S.J.; LÚCIO, A. D. Introdução à experimentação. Santa Maria: UFSM/CCR/DF, 2000. 54 p. [ Links ]

ZIMMERMANN, M. H.; BROWN, C. L. Trees structure and function. New York: Springer Verlag, 1974. 336 p. [ Links ]

Recebido: 05 de Novembro de 2002; Aceito: 03 de Setembro de 2003

Creative Commons License Este é um artigo publicado em acesso aberto sob uma licença Creative Commons