SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 issue3Genetics in multiple sclerosis: twin studiesThe shape of the human lumbar vertebral canal author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

REZENDE, Patrícia Almeida de  and  ARRUDA, Walter Oleschko. Aspectos genéticos da esclerose múltipla: II. sistema HLA. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 1996, vol.54, n.3, pp. 439-450. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X1996000300013.

Foi feita análise e revisão de estudos populacionais de associação entre antígenos HLA e a esclerose múltipla (EM). Há evidências de que os genes HLA, principalmente os de classe II, das sub-regiões DR e DQ possam estar envolvidos. O haplótipo DRB1*1501.DQA1*0102.DQB1*0602 referente ao fenótipo DR2.Dw2.DQ6 foi encontrado em associação positiva em vários estudos realizados em populações caucasóides. O desequilíbrio de ligação entre os genes DR e DQ dificulta o reconhecimento da contribuição individual de cada alelo. A heterogeneidade de critérios diagnósticos da EM constitui importante fator metodológico que dificulta a comparação entre os diversos estudos. A padronização dos critérios diagnósticos e dos métodos laboratoriais empregados, assim como a análise individual de grupos de pacientes com formas clínicas diferentes, são medidas que provavelmente permitirão avaliação mais precisa dos fatores genéticos envolvidos no desenvolvimento da EM.

Keywords : esclerose múltipla; sistema HLA; genética.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese