SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue4Influence of intracranial hemorrhage and neonatal seizures on the neurological and psychomotor development of premature infants at Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Arquivos de Neuro-Psiquiatria

Print version ISSN 0004-282X

Abstract

MASUKO, Alice Hatsue et al. Diazepam intermitente e fenobarbital contínuo para tratamento da recorrência de convulsões febris: uma revisão sistemática com metanálise. Arq. Neuro-Psiquiatr. [online]. 2003, vol.61, n.4, pp. 897-901. ISSN 0004-282X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2003000600001.

As convulsões desencadeadas por febre são muito comuns na infância e 20% a 30% delas apresentam recorrência. O tratamento profilático, no entanto, ainda é controverso, motivo porque realizamos uma revisão sistemática para avaliar a eficácia do tratamento da recidiva de convulsão febril com diazepam e fenobarbital comparados a placebo. MÉTODO: Analisamos somente estudos randomizados, duplo-cegos, controlados, utilizando fenobarbital contínuo ou diazepam intermitente versus placebo. RESULTADOS: Dez ensaios clínicos foram incluídos. A recorrência de convulsão febril foi menor no grupo das crianças tratadas com diazepam ou fenobarbital em relação ao controle. Tanto diazepam quanto fenobarbital reduziram as recorrências da convulsão febril. Os estudos foram clínica, metodológica e estatisticamente heterogêneos. CONCLUSÃO: A eficácia do fenobarbital e diazepam não pôde ser demonstrada nesta metanálise por causa da heterogeneidade dos ensaios clínicos, e a recomendação para tratamento de recorrência deve basear-se na experiência clínica de cada médico.

Keywords : tratamento profilático; convulsões febris; diazepam intermitente; fenobarbital contínuo.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English