SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.61 issue2Feeding pattern of Salminus maxillosus (Pisces, Characidae) at Cachoeira das Emas, Mogi-Guaçu River (São Paulo State, Southeast Brazil)Thermal ecology and activity patterns of the lizard community of the Restinga of Jurubatiba, Macaé, RJ author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista Brasileira de Biologia

Print version ISSN 0034-7108

Abstract

THOMAZ, S. M.; PEREIRA, G.  and  PAGIORO, T. A.. Respiração microbiana e composição química de diferentes frações do sedimento de ambientes aquáticos da planície de inundação do alto Rio Paraná, Brasil. Rev. Bras. Biol. [online]. 2001, vol.61, n.2, pp. 277-286. ISSN 0034-7108.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71082001000200010.

Quatro frações do sedimento, de tamanhos diferentes, de seis ambientes da planície de inundação do alto Rio Paraná foram analisadas quanto ao teor de carbono, nitrogênio e fósforo e quanto à respiração microbiana (consumo de oxigênio). O tamanho das partículas não afetou o conteúdo de nitrogênio e fósforo ou a atividade microbiana, influenciando apenas o conteúdo de carbono (F = 4,274, df = 3; 20, p = 0,020). As concentrações de carbono das partículas ultrafinas foram significativamente menores que as concentrações das partículas de outros tamanhos. Os valores da respiração microbiana refletiram a composição química do sedimento, como demonstrado na análise de regressão múltipla. (respiração microbiana = -0,39 - 0,210C + 0,108N + 0,796P; F = 7,0495, p = 0,0022). Entretanto, o fósforo foi o elemento que melhor explicou a respiração microbiana (coeficiente parcial = 0,796, p = 0,0039, n = 23). Considerando que i) o fósforo foi o melhor preditor da respiração microbiana; ii) o fósforo é retido em uma série de reservatórios localizados a montante da planície de inundação estudada; e iii) a respiração microbiana é uma medida das taxas de decomposição e ciclagem de nutrientes, pode-se dizer que a acumulação dos detritos orgânicos ao longo do tempo e a redução da ciclagem de nutrientes nos ambientes da planície de inundação do alto Rio Paraná são prováveis impactos dessa diminuição do fósforo, causada pelos reservatórios a montante.

Keywords : respiração microbiana; ciclagem de nutrientes; planície de inundação; frações do sedimento; Rio Paraná.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English