SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue3The ecology of Triatoma sordida in natural environments in two different regions of the state of Minas Gerais, BrazilAggregatory behaviour of platelets incubated with subcellular fractions of normal and chagasic human syncytiotrophoblast author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

ROCHA, Manoel Otávio da Costa et al. Caracterização da forma inaparente da fase inicial da esquistossomose mansoni. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1993, vol.35, n.3, pp. 247-251. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651993000300005.

Foram estudados 115 recrutas que tiveram contato simultaneamente com águas infectadas pelo Schistosoma mansoni. Trinta e quatro pacientes apresentaram a fase inicial da infecção, diagnosticada através de parâmetros laboratoriais, clínicos e epidemiológicos, sendo que três deles não evidenciaram quadro clínico, sendo considerados como portadores da forma inaparente da doença. Não se verificou, entretanto, diferença estatística entre a intensidade da eosinofilia sanguínea, as áreas da reação intradérmica de leitura imediata e as médias das contagens do número de ovos de 5. mansoni eliminados nas fezes, quando se compararam os resultados obtidos em pacientes com as formas aguda e inaparente. Os casos ora descritos constituem evidenciação objetiva da forma inaparente, antes apenas presumida na literatura.

Keywords : Acute schistosomiasis; Non-apparent form; Initial phase of schistosomiasis.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English