SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 número1Investigando uma interrogação brasileira: relatando 16 casos de febre Q em Minas Gerais, BrasilCandidemia em hospital terciário brasileiro: a importância da Candida parapsilosis índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

versão impressa ISSN 0036-4665

Resumo

D'AZEVEDO, Pedro Alves; DIAS, Cícero Armídio Gomes  e  TEIXEIRA, Lúcia Martins. Diversidade genética e resistência aos antimicrobianos de amostras de enterococos isoladas na região Sul do Brasil. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2006, vol.48, n.1, pp. 11-16. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652006000100003.

Foram estudadas 455 amostras de enterococos isolados de pacientes moradores da cidade de Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil, durante o período de julho 1996 a junho 1997 e foram identificados ao nível de espécies por testes fisiológicos convencionais e analisados sua susceptibilidade aos agentes antimicrobianos. A diversidade genética foi avaliada por eletroforese de campo pulsado ("pulsed-field gel electrophoresis", PFGE) com a enzima de restrição SmaI. A espécie mais freqüente encontrada foi o Enterococcus faecalis (92,8%). As outras espécies identificadas foram: E. faecium (2,9%), E. gallinarum (1,5%), E. avium (1,1%), E. hirae (0,7%), E. casseliflavus (0,4%), E. durans (0,4%) and E. raffinosus (0,2%). A prevalência de amostras com níveis elevados de resistência (HLR) aos aminoglicosídeos foram de 37,8%. HLR para gentamicina foi encontrada em 24,8% das amostras. Nenhuma amostra com resistência adquirida à vancomicina foi isolada. A análise através de PFGE revelou a predominância do grupo clonal A, constituído por amostras isoladas de diferentes materiais clínicos obtidos de pacientes internados em três hospitais. Esses resultados sugerem a disseminação intra e inter-hospital de um clone predominante, composto por amostras de E. faecalis apresentando níveis elevados de resistência a gentamicina, nos hospitais incluídos neste estudo.

Palavras-chave : Enterococci; High level resistance aminoglycosides; Genetic diversity.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · pdf em Inglês