SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número2Frequência de irrigação utilizando polímero hidroabsorvente na produção de mudas de maracujazeiro-amareloProfundidade e atributos físicos do solo e seus impactos nas raízes de bananeiras índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fruticultura

versão impressa ISSN 0100-2945

Resumo

DIAS, Gustavo Cardoso de Oliveira et al. Crescimento de mudas de mamoeiro irrigadas automaticamente com controlador de baixo custo. Rev. Bras. Frutic. [online]. 2013, vol.35, n.2, pp.527-535. ISSN 0100-2945.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452013000200023.

O estudo avaliou o crescimento e a fisiologia de mudas de mamoeiros 'Sunrise Golden' e 'Tainung 01' cultivadas em tubetes de 280 mL e irrigadas com sistema de controle automático de baixo custo, ajustado para iniciar a irrigação com tensão de água no substrato (STI) a 3,0; 6,0 e 9,0 kPa. As lâminas aplicadas pelo sistema de gotejamento e as drenagens em cada tratamento foram monitoradas nas fases de germinação e de crescimento das mudas. Foram analisados: porcentagem de germinação, índice de velocidade de emergência (EVI), área foliar, altura de planta, massa de matéria seca da parte aérea e das raízes, condutância estomática, conteúdo relativo de água (RWC) e teor relativo de clorofila (RCC). Os teores de nutrientes do substrato foram estimados pela condutividade elétrica (EC). A eficiência de uso da água (WUE) foi calculada como a razão entre a massa seca da planta inteira e a água aplicada. Os valores testados para a STI não afetaram a porcentagem de germinação e o EVI. As regulagens de 3,0 e de 6,0 kPa apresentaram os maiores volumes de drenagem e os menores valores de EC e RCC, indicando perda de nutrientes no substrato e deficiência nutricional nas plantas. A drenagem foi maior nos tubetes com a variedade 'Tainung 01' que apresentou menor sistema radicular e também menor condutância estomática que a 'Sunrise Golden'. Os maiores valores de massa da parte aérea seca e WEU foram obtidos a 6,0 kPa nas mudas da 'Sunrise Golden' (0,62 g e 0,69 g L-1) e a 9,0 kPa em 'Tainung 01' (0,35 g e 0,82 g L-1). O RWC foi menor na regulagem de 9,0 kPa que a 3,0 kPa em ambas as cultivares. Os dados indicam que a tecnologia de baixo custo para automação da irrigação é promissora. Mesmo assim, novos estudos devem ser realizados para avaliar sistemas de irrigação de baixa vazão bem como as necessidades nutricionais e hídricas das diferentes variedades de mamoeiros.

Palavras-chave : Carica papaya L.; produção de mudas; automação da irrigação; sensores de umidade.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons