SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue2Effects of chemical delinting on the level of occurrence and development of Colletotrichum gossypii associated with cotton seeds author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Fitopatologia Brasileira

Print version ISSN 0100-4158On-line version ISSN 1678-4677

Abstract

PERES, ÂNGELA P.; NASSER, LUIZ CARLOS B.  and  MACHADO, JOSÉ DA CRUZ. Uso de meio semi-seletivo para a detecção de Sclerotinia sclerotiorum em sementes de feijões e de soja. Fitopatol. bras. [online]. 2002, vol.27, n.2, pp.123-127. ISSN 0100-4158.  http://dx.doi.org/10.1590/S0100-41582002000200001.

O objetivo deste trabalho foi avaliar a possibilidade do uso do azul de bromofenol como um indicador para determinar a presença of Sclerotinia sclerotiorum em sementes de feijão (Phaseolus vulgaris) e soja (Glycine max), quando da incubação dessas em meios ágar e papel de filtro. As sementes foram inoculadas artificialmente com quatro isolados de S. sclerotiorum, plaqueadas em meio ágar, denominado Neon, e em meio Neon modificado, sendo incubadas sob 14 e 20 ºC por sete dias no escuro. Metade das sementes inoculadas foi desinfestada superficialmente, previamente ao plaqueamento nos meios em teste. As sementes que apresentaram mudança de coloração do meio ao seu redor, de azul para amarelo com formação de micélio típico ou que produziram escleródios, em alguns casos, foram consideradas infetadas ou contaminadas por S. sclerotiorum. Para a maioria dos isolados testados, não houve diferenças significativas entre as duas temperaturas de incubação comparadas (P<0.05) nos diferentes meios. De acordo com os resultados obtidos neste estudo, o emprego do meio Neon em condições de incubação às temperaturas de 14 ou 20 ºC, pode ser considerado adequado por proporcionar uma detecção rápida e segura de S. sclerotiorum em sementes de feijão e soja naturalmente infetadas ou contaminadas

Keywords : seed health tests; fungus; Phaseolus vulgaris; Glycine max.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License