SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 issue3Arte e natureza: sobre a viagem de Goethe à ItáliaVariaciones Greenberg: apogeo y debacle de un crítico de arte author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Trans/Form/Ação

Print version ISSN 0101-3173On-line version ISSN 1980-539X

Abstract

SOCHA, Eduardo. Lessing na estética de Adorno: música, pintura e a questão da pseudomorfose. Trans/Form/Ação [online]. 2019, vol.42, n.3, pp.91-118.  Epub Oct 07, 2019. ISSN 1980-539X.  https://doi.org/10.1590/0101-3173.2019.v42n3.06.p91.

Neste artigo, propõe-se uma confrontação entre a teoria dos signos de Gotthold E. Lessing, tal como exposta em Laocoonte ou sobre as fronteiras da pintura e da poesia (1766), e os dois ensaios de Theodor W. Adorno sobre as relações entre música e pintura (de 1950 e 1965). Pretende-se, com isso, demonstrar a presença decisiva de elementos da estética clássica alemã no pensamento adorniano do pós-guerra; em particular, observa-se o modo pelo qual a teoria racionalista de Lessing atua na abordagem dialética adorniana a respeito da irredutibilidade formal dos meios artísticos e das possibilidades de sua convergência. À luz de tal confrontação, discutem-se, em um segundo momento do artigo, os temas da conferência de Adorno de 1966, A arte e as artes, que, em certa medida, consubstancia a discussão dos ensaios anteriores sobre música e pintura. Assinala-se, nesse contexto, a continuidade da posição teórica de Adorno e se apresentam as diferenças entre o processo de pseudomorfose e o de imbricação (Verfransung) dos meios artísticos, segundo o filósofo.

Keywords : Lessing; Adorno; Música; Pintura; Pseudomorfose.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )