SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 número2Cultivo de híbridos de pimentão amarelo em fibra da casca de cocoTamanho de amostra para avaliação de caracteres de cenoura em sistemas de cultivo agroecológico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Horticultura Brasileira

versão impressa ISSN 0102-0536versão On-line ISSN 1806-9991

Resumo

SANTOS, Gil R dos et al. Reação de genótipos de melão ao crestamento gomoso e ao míldio. Hortic. Bras. [online]. 2009, vol.27, n.2, pp.160-165. ISSN 0102-0536.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-05362009000200007.

O crestamento gomoso do caule (Didymella bryoniae) e o míldio (Pseudoperonospora cubensis) estão entre as principais doenças do meloeiro (Cucumis melo) ocasionando redução da produtividade e da qualidade dos frutos. Apesar da importância dessas doenças, são poucos os trabalhos envolvendo a identificação de fontes de resistência a D. bryoniae e a P. cubensis no Brasil. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência de genótipos comerciais de melão a essas doenças. A partir da seleção de um isolado mais agressivo, foi estudada, em condições de casa de vegetação, a resistência de 86 genótipos de meloeiro à infecção por D. bryoniae no caule. Posteriormente, em condições de campo, foi avaliada a resistência conjunta de 28 genótipos ao crestamento gomoso e ao míldio. Em casa de vegetação, todos os 86 genótipos de meloeiro avaliados foram infectados e mostraram sintomas de crestamento no caule, quatro dias após a inoculação. Houve variação significativa nos níveis de resistência entre os genótipos avaliados. No campo, sob inóculo natural, os genótipos Taslaki e Sary Juliabi mostraram-se mais suscetíveis à infecção por D. bryoniae nas folhas, diferindo significativamente dos demais genótipos. Os menores níveis de suscetibilidade foram verificados nos genótipos Perlita Busle S1, Valenciano Elíptico, Glaver, MR1 e 2526. Na avaliação da resistência ao míldio, todos os genótipos foram considerados suscetíveis, embora tenham sido encontradas diferenças nos níveis de suscetibilidade.

Palavras-chave : Cucumis melo; Didymella bryoniae; Pseudoperonospora cubensis; resistência genética.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons