SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número77Plano real, privatização dos bancos estaduais e reeleiçãoElites políticas regionais: contornos teórico-metodológicos para identificação de grupos políticos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Ciências Sociais

versão impressa ISSN 0102-6909

Resumo

GRUN, Roberto. Escândalos, tsunamis e marolas: apontamentos e desapontamentos sobre um traço recorrente da atualidade. Rev. bras. Ci. Soc. [online]. 2011, vol.26, n.77, pp.151-174. ISSN 0102-6909.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69092011000300013.

Segundo a Wikipédia, o Brasil passou por 97 escândalos políticos e financeiros na década de 1990. Na primeira década do novo século, foram registrados 125 eventos "dessa natureza". Essa catalogação parece comprovar a crença popular de que "o Brasil não tem jeito". A tarefa aqui é mostrar que os escândalos podem ser alguma coisa maior e mais complexa do que a simples manifestação de descalabros. Nessa linha, sugerimos que os escândalos podem ser utilmente tratados como uma forma de ação, de controle e também, por vezes, um mecanismo de mudança social. Por meio deles, a sociedade abandona, reitera, altera ou cria normas de convívio e de legitimação.

Palavras-chave : Teoria dos campos; Sociologia econômica; Sociologia política; Escândalos.

        · resumo em Inglês | Francês     · texto em Português     · Português ( pdf epdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons