SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue2Enuretical children and referred children for university mental health services: a comparative study of their parents' perceptionThe genogram as a research instrument of the impact of stressful events in the family-school transition author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Psicologia: Reflexão e Crítica

Print version ISSN 0102-7972

Abstract

SILVA, Nara Liana Pereira  and  DESSEN, Maria Auxiliadora. Padrões de interação genitores-crianças com e sem síndrome de Down. Psicol. Reflex. Crit. [online]. 2006, vol.19, n.2, pp. 283-291. ISSN 0102-7972.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-79722006000200015.

A literatura a respeito das interações familiares de crianças com síndrome de Down é escassa, sobretudo em relação à participação do pai. Este estudo compara as interações familiares entre dois grupos de crianças pré-escolares, um com e outro sem síndrome de Down, enfatizando as continuidades e mudanças nos seus estilos de interação, ao longo de dois anos. Dez famílias foram visitadas semestralmente em suas casas e as interações entre criança-mãe, criança-pai e criança-mãe-pai ocorridas durante 'atividades livres' foram gravadas em vídeo. Foram analisados 1050 minutos de gravação por meio de observação direta. Os resultados mostram que há similaridades, mas também diferenças na freqüência de atividades realizadas e na participação e qualidade das interações entre genitores-criança e que as famílias diferem quanto aos padrões de estabilidades e mudanças, no decorrer do tempo. Os dados sugerem que há necessidade de incluir o pai e os irmãos nos planejamentos de pesquisa e analisar os dados observacionais considerando díades, tríades e tétrades.

Keywords : Interações familiares; relações parentais; crianças com síndrome de Down; metodologia de observação direta.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese