SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 suppl.5Community acquired urinary tract infection: etiology and bacterial susceptibilityBehavior of cholinesterase and liver mitochondrial function in dogs submitted to normothermic ischemia and reperfusion author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Acta Cirurgica Brasileira

Print version ISSN 0102-8650
On-line version ISSN 1678-2674

Abstract

DIAS NETO, José Anastácio et al. Prevalência e susceptibilidade bacteriana da infecção urinária hospitalar. Acta Cir. Bras. [online]. 2003, vol.18, suppl.5, pp.36-38. ISSN 0102-8650.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502003001200013.

INTRODUÇÃO: A infecção urinária é a mais comum das infecções hospitalares. O conhecimento da prevalência das cepas bacterianas e do antibiograma é importante para orientar a escolha inicial do antibiótico. OBJETIVO: Determinar a prevalência bacteriana e a sensibilidade aos antibióticos na infecção urinária hospitalar, em um hospital universitário, período janeiro-junho de 2003. MÉTODOS: Foram analisados os prontuários de 188 pacientes com urocultura positiva (³ 105 colônias/ml), depois de decorrido um período de pelo menos 48h da internação. RESULTADOS: Metade dos pacientes era homens. A idade média da amostra foi 50,2±22.7 anos com variação de 3 meses a 88 anos. Em 80% dos casos a bactéria identificada era Gram-negativa. Os micróbios mais comuns foram E. coli (26%), Klebsiella sp (15%), P. aeruginosa (15%) e Enterococcus sp (11%). O antibiograma mostrou maior sensibilidade bacteriana ao imipenem (83%), cefalosporinas de segunda e terceira geração e aminoglicosídeos e grande resistência à ampicilina e cefalotina. A sensibilidade foi baixa também para ciprofloxacina (42%) e norfloxacina (43%). CONCLUSÃO: Este estudo sugere que se não for possível aguardar os resultados da cultura e antibiograma a melhor escolha para início do tratamento seria o imipenem, cefalosporinas de segunda e terceira geração e aminoglicosídeos. A cefalotina e a ampicilina não constituem boa opção para o tratamento empírico inicial.

Keywords : Infecção urinária; Etiologia [antibiograma]; Infecção hospitalar; Microbiologia, sensibilidade.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License