SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue2Congenital anomalies: hospitalization in a pediatric unitAnalysis of sound pressure levels emitted by children's toys author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista Paulista de Pediatria

Print version ISSN 0103-0582

Abstract

PAULA, Lila Isabel C. de et al. Percepção da associação entre estimulação ambiental e desenvolvimento normal por mães de crianças nos três primeiros anos de vida. Rev. paul. pediatr. [online]. 2013, vol.31, n.2, pp.211-217. ISSN 0103-0582.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-05822013000200012.

OBJETIVO: Avaliar a percepção das mães de crianças entre zero e três anos sobre a associação da estimulação ambiental e o desenvolvimento normal das crianças atendidas em uma unidade de saúde em São Luís, Maranhão, e identificar o nível de entendimento das mães quanto à estimulação do ambiente familiar em que a criança está inserida. MÉTODOS: Realizou-se pesquisa qualitativa exploratória. Os sujeitos estudados foram 15 mães de crianças de zero a três anos atendidas na Unidade de Saúde Antônio Carlos Reis, Cidade Olímpica, em São Luís, Maranhão, de outubro de 2009 a março de 2010. Os instrumentos da coleta de dados foram prontuários médicos, entrevistas semiestruturadas aplicadas em domicílio com pais, observação participante e visita domiciliar. RESULTADOS: A maioria das mães pesquisadas era adolescente, solteira, do lar, com ensino fundamental incompleto e renda familiar de 0 a 0,5 salário mínimo. As principais dificuldades encontradas foram: despreparo em educar os filhos, baixo nível de resolutividade das situações cotidianas e ausência paterna na convivência familiar. Analisou-se o modo como as mães associam as carências ambientais e o desenvolvimento infantil normal. CONCLUSÕES: As mães apresentaram percepção relativa ao ambiente em que seus filhos vivem e que a falta de estimulação nestes ambientes interfere no desenvolvimento de tais crianças. Observou-se, assim, a necessidade de melhora dos níveis de estimulação e dos vínculos entre criança, família e profissionais de saúde.

Keywords : relações familiares; características culturais; desenvolvimento infantil.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License