SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.11 número4LIBERAÇÃO DE FLÚOR DE QUATRO CIMENTOS DE IONÔMERO DE VIDRO RESTAURADORESAVALIAÇÃO DA CAPACIDADE DE CÓPIA DE MATERIAIS DE MOLDAGEM ELASTOMÉRICOS DE DIFERENTES SISTEMAS POR MEIO DE UMA TÉCNICA APLICÁVEL CLINICAMENTE índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista de Odontologia da Universidade de São Paulo

versão impressa ISSN 0103-0663

Resumo

SECCO, Angelo Stefano et al. SUSTENTAÇÃO DE ESMALTE COM IONÔMEROS DE VIDRO E RESINA COMPOSTA: EFEITO NA RESISTÊNCIA À FRATURA DAS CÚSPIDES DE DENTES RESTAURADOS. Rev Odontol Univ São Paulo [online]. 1997, vol.11, n.4 ISSN 0103-0663.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-06631997000400006.

Este estudo determinou a resistência e o tipo de fratura do esmalte suportado pelos materiais restauradores ionômeros de vidro convencional e modificado por resina e resina composta, bem como a influência dessa técnica restauradora na resistência das cúspides dos dentes. A remoção da estrutura dental para o preparo de cavidades tipo classe II e a presença de esmalte socavado diminuiram significativamente a resistência das cúspides dos dentes em relação ao dente hígido (p < 0,01). Os materiais restauradores usados como suporte de esmalte reduziram o índice de fratura das cúspides restauradas, mas não aumentaram estatisticamente os valores de resistência à fratura. Todos os grupos experimentais apresentaram modificações no padrão de fratura

Palavras-chave : Resistência à fratura; Suporte de esmalte; Materiais restauradores.

        · resumo em Inglês     · texto em Português