SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue4Effects of pre-curved and straight files on the curvature angle of simulated root canalsEvaluation of the cytotoxicity of two dentin-bonding systems author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Odontologia da Universidade de São Paulo

Print version ISSN 0103-0663

Abstract

CARVALHO, Adriana Silva de  and  CURY, Jaime Aparecido. Liberação de flúor de materiais restauradores. Rev Odontol Univ São Paulo [online]. 1998, vol.12, n.4, pp.367-373. ISSN 0103-0663.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-06631998000400011.

Atualmente no mercado odontológico existem diversos tipos de materiais restauradores que liberam flúor com o objetivo de diminuir ou eliminar as cáries recorrentes. Considerando-se a diferença de composição desses materiais, foi avaliada sua capacidade de liberação de flúor. Foram avaliados os materiais restauradores: Chelon-fil (ESPE), Vitremer (3M), Variglass (Dentsply), Dyract (Dentsply) e Tetric (Vivadent). Confeccionaram-se seis amostras cilíndricas (área = 1,65 cm2) de cada material, as quais foram imersas individualmente em 2,0 ml de água deionizada, que foi trocada diariamente durante 15 dias. A liberação de flúor foi determinada após adição de volume igual de tampão TISAB II às soluções. Para a análise da concentração de flúor foi utilizado um eletrodo específico para flúor Orion 96-09, acoplado a um analisador de íons Orion EA-940. Todos os materiais seguiram o mesmo padrão de liberação de flúor. As maiores médias de flúor liberado dentro de cada material foram encontradas no 1º dia, decrescendo bruscamente no 2º e 3º dias, e a quantidade de flúor liberado apresentou um decréscimo com o passar dos dias até atingir um nível quase constante. A liberação média de flúor durante o período de avaliação (média e desvio padrão) em µg F/cm2 foi: CHE = 7,62 ± 0,76A, VIT = 5,91 ± 0,79B, VAR = 2,72 ± 0,25C, DYR = 1,50 ± 0,17 D, TET = 0,136 ± 0,016 E. Médias seguidas por letras distintas diferem entre si ao nível de significância de 5% (Tukey). Os resultados mostraram que a composição dos materiais restauradores influencia de maneira significativa sua liberação de flúor.

Keywords : Flúor; Cimentos de ionômero de vidro; Resinas compostas.

        · abstract in English     · text in Portuguese

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License