SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 número3Estratégias de enfrentamento dos enfermeiros em serviço hospitalar de emergênciaSonolência diurna excessiva nos pacientes com infarto agudo do miocárdio índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Acta Paulista de Enfermagem

versão impressa ISSN 0103-2100versão On-line ISSN 1982-0194

Resumo

HIRSCH, Carolina Domingues et al. Preditores do estresse e estratégias de coping utilizadas por estudantes de Enfermagem. Acta paul. enferm. [online]. 2015, vol.28, n.3, pp.224-229. ISSN 0103-2100.  http://dx.doi.org/10.1590/1982-0194201500038.

Objetivo:

Identificar os preditores do estresse e as estratégias de coping utilizadas por estudantes de Enfermagem.

Métodos:

Estudo transversal realizado com 146 estudantes de Enfermagem. Os instrumentos de pesquisa foram: o inventário de estratégias de coping e a escala de avaliação de estresse. Para análise dos dados utilizaram-se correlação de Pearson e análise de regressão.

Resultados:

Identificaram-se como preditores do estresse a formação acadêmica, conhecimento prático adquirido, e tempo e lazer. Os preditores do estresse apresentaram associação com as estratégias de coping negação do problema e fuga da realidade.

Conclusão:

As estratégias mais utilizadas frente a eventos estressores foram consideras negativas e de baixa eficácia por centrarem seus esforços na emoção, e não no problema, comprometendo o processo de formação profissional.

Palavras-chave : Educação em enfermagem; Estudantes de enfermagem; Estresse psicológico; Adaptação psicológica; Ética.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )