SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 número2Avaliação da viabilidade do pólen como possível indicativo de tolerância a altas temperaturas em genótipos de tomateiro índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal

versão impressa ISSN 0103-3131

Resumo

SEIJO, GUILLERMO. Efeitos da precultura com sacarose e aba no estado hídrico de suspensões celulares e suas relações com a resistência a vitrificação. Rev. Bras. Fisiol. Veg. [online]. 2000, vol.12, n.2, pp.166-180. ISSN 0103-3131.  http://dx.doi.org/10.1590/S0103-31312000000200007.

Foram realizadas mudanças nas relações hídricas celulares durante a fase de precultura afim de se entender os mecanismos de endurecimento celular pela vitrificação durante a criopreservação. Suspensões celulares de laranja e cenoura foram cultivadas em meio contendo 0,4 M sacarose (Yw = -1,45 MPa) e 5 mgL-1 de ABA (MT Yw = -0,73 MPa e MS Yw = -0,48 MPa). A  precultura nesse meio não promoveu um significante decréscimo na viabilidade celular, entretanto, aumentou a sobrevivência das células a exposição a PVS2 e a nitrogênio líquido. Quando as células foram incubadas em meio contendo 0,4 M de sacarose, o Yw celular  decresceu  rapidamente  igualando-se  ao Yw do meio, enquanto o turgor foi também severamente reduzido ou desapareceu. Ao mesmo tempo o Ys começou a  decrescer e após 48h  de tratamento em meio com baixo Yw , o turgor foi recuperado pela osmoregulação até atingir o mesmo valor que as células tinham no início do experimento. A precultura em meio contendo ABA também causou um decréscimo no Yw  celular em menor intensidade que aquela verificada quando a precultura foi realizada em meio com baixo Yw. O aumento na sobrevivência celular ao choque osmótico e vitrificação não pode ser atribuído unicamente ao acúmulo quantitativo de solutos uma vez que a precultura aumentou significativamente a sobrevivência com o pré-tramento com PVS2 e exposição a nitrogênio líquido. Estes resultados sugerem que o acúmulo qualitativo de determinados solutos poderia ser o evento responsável pela aumento a tolerância a exposição ao PVS2 e ao nitrogênio líquido.

Palavras-chave : Precultura; suspensão celular; sacarose; ABA; criopreservação.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons