SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 número95Características e procedência da lenha usada na cocção no BrasilA cidade no pensamento brasileiro, do século XVI ao século XX índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Estudos Avançados

versão impressa ISSN 0103-4014versão On-line ISSN 1806-9592

Resumo

PAIVA SOBRINHO, RANULFO; GARCIA,, JUNIOR RUIZ; MAIA, ALEXANDRE GORI  e  ROMEIRO, ADEMAR RIBEIRO. Tecnologia Blockchain: inovação em Pagamentos por Serviços Ambientais. Estud. av. [online]. 2019, vol.33, n.95, pp.151-176. ISSN 0103-4014.  http://dx.doi.org/10.1590/s0103-4014.2019.3395.0010.

Os problemas socioecológicos são complexos e multidimensionais, envolvendo pelo menos a dimensão ambiental, social, econômica, política e institucional. Os problemas relacionados ao uso múltiplo dos recursos hídricos, a revitalização de bacias hidrográficas e a recuperação de rios urbanos têm colocado novos desafios para a sociedade, os quais requerem soluções inovadoras. Algumas soluções propostas, como a adoção de esquemas de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), têm por objetivo incentivar que as pessoas adotem ações direcionadas para resolver problemas específicos em troca de incentivos econômicos. Mas essas soluções possuem limitações relativas a continuidade das ações após o suprimento dos incentivos. Os PSA tradicionais são baseados na moeda oficial de um país e, consequentemente, podem ser interrompidos na ocorrência de crises econômicas. Nesse sentido, o objetivo principal deste trabalho é apresentar e discutir uma proposta geral de gestão para a Bacia Hidrográfica do Rio Jundiaí baseada na adoção de uma moeda complementar criada com suporte da tecnologia do blockchain. A moeda complementar é a criptomoeda denominada Aqua que visa incentivar ações, por exemplo, como a recuperação das áreas de proteção ambiental em áreas rurais, assim como, ações ambientais em áreas urbanas. A criptomoeda Aqua busca exercer a função de meio de troca e sua circulação ocorrerá somente dentro da rede de usuários que a aceitarem. Visando evitar o efeito negativo de ações especulativas, recomenda-se que a criptomoeda Aqua não seja conversível em reais ou outra criptomoeda.

Palavras-chave : Criptomoeda; Pagamento por Serviços Ambientais (PSA); Tecnologia blockchain; Mecanismo de consenso prova de participação delegada (DPoS).

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )