SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número1INFLUÊNCIA DO ARRANJO DE PLANTAS NA ANTECIPAÇÃO DA COLHEITA DO GIRASSOLPERFIL SOROLÓGICO EM EQUINOS INTOXICADOS EXPERIMENTALMENTE POR SENECIO BRASILIENSIS (COMPOSITAE). PARTE 1. DHL, AST, FAS e γGT índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Ciência Rural

versão impressa ISSN 0103-8478

Resumo

CUNHA, Marilda Borin da; PARANHOS, Juçara Terezinha; DORNELES, Liane Terezinha  e  FRANCO, Elci Terezinha Henz. EFEITOS DA INTERAÇÃO DE AUXINAS E SISTEMAS DE CULTIVO IN VITRO NA INDUÇÃO DE CALOS A PARTIR DE EMBRIÕES DE ARROZ. Cienc. Rural [online]. 1994, vol.24, n.1, pp.87-90. ISSN 0103-8478.  https://doi.org/10.1590/S0103-84781994000100018.

RESUMO Estudou-se a indução de calos a partir de embriões maturos de arroz (Oryza sativa L.), cultivar BR-IRGA 414, cultivados em meio MS completo com diferentes concentrações de ANA e 2,4-D (0,5; 1,0; 5,0 e 10,0mg/l), acrescida ou não de cinetina (0,2mg/l), na presença e ausência de luz, os quais constituíram-se nos tratamentos. Nos dois estudos, o delineamento experimental foi inteiramente casualizado com cinco repetições e os tratamentos arranjados num trifatorial. Tanto ANA como 2,4-D foram efetivos na formação de calos. Não houve influência dos tratamentos adicionais no efeito das concentrações de ANA sobre o acúmulo da massa dos calos, embora tenha ocorrido aumento de 358% na massa quando se testou cinetina no escuro. Para 2,4-D, a massa dos calos decresceu com a presença de cinetina e luz.

Palavras-chave : embriões; auxina; cinetina; luz; calos.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons